A atualização de aniversário anunciada pela Microsoft para o Windows 10 durante a Build 2016 trouxe também novidades para o Xbox One. Quem falou sobre elas foi Phil Spencer, chefe da divisão do console na empresa.

Basicamente, o novo Xbox Retail to Dev Kit permite a um profissional testar e criar apps e otimizá-los para outras plataformas e telas, como a principal televisão da casa. Agora, o console vai funcionar praticamente como um kit de desenvolvimento de Universal Windows Apps — e eles vão funcionar em uma loja unificada tanto no console quanto em tablets, smartphones, laptops e desktops. A ideia da Microsoft é atrair cada vez mais especialistas da criação e programação para a plataforma.

Junto com Ashley Speicher no computador e no console, Phil demonstrou como isso acontece em tempo real — um app de fotos do Windows 10 virou um programa para Xbox One ao vivo e em poucos cliques. O aplicativo Dev Mode Activation registra o console como o de um desenvolvedor e, após reinicializado, ele já pode operar para criar apps e jogos.

Um exemplo de como o app do Windows 10 vira um app do Xbox One.

É possível transitar entre a versão de desenvolvimento do app e a que será mostrada para o consumidor rapidamente. Assim, apps do Windows 10 viram como se fossem sempre "nativos" no Xbox One. Trata-se do mesmo código sincronizado com o console, otimizado para telas maiores e a sala de estar.

O controle original do Xbox One funciona bem para a navegação e APIs para voz e gesto podem ser aplicados nos apps. Dessa forma, é possível eliminar cada vez mais o uso das mãos e transportar ações para movimentos mais simples. Cortana e música que pode tocar em segundo plano também serão novidades no console.

Xbox One ou Ps4 ? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: