A Justiça do Rio de Janeiro decidiu que o aplicativo WhatsApp será bloqueado mais uma vez em todo o território nacional. A notícia foi dada através do jornal Globo News há poucos instantes nesta terça-feira (19). De acordo com a reportagem acima, as empresas de telefonia já foram notificadas, o que aconteceu depois que o Facebook – atual dono do aplicativo de mensagens – se recusou a cumprir a decisão judicial para fornecer informações para uma investigação policial. 

De acordo com a decisão, o bloqueio do WhatsApp deve acontecer imediatamente. Contudo, fontes ligadas às operadoras informaram ao O Globo que as empresas de telecomunicação fizeram uma espécie de acordo para começar a interromper o funcionamento do mensageiro às 14h de hoje. Até às 15h, o bloqueio deve estar completamente realizado.

  • Atualização: o WhatsApp acabou de ser "desbloqueado" pelo ministro Ricardo Lewandowski. Saiba mais aqui

A autora da decisão é a juíza Daniela Barbosa, que notificou as operadoras de telefonia por volta das 11h30 desta terça-feira. Por conta das dificuldades técnicas envolvidas no processo, pode ser que demore algumas horas para que o acesso ao aplicativo seja realmente bloqueado, o que deve acontecer em breve. De acordo com a reportagem do G1, o Facebook informou que não vai se manifestar e a assessoria do WhatsApp disse que ainda não tem uma posição oficial da decisão.

Investigação policial

Segundo Barbosa, o Facebook foi notificado três vezes a pedido da Justiça para interceptar mensagens que seriam usadas em uma investigação policial em Caxias, na Baixada Fluminense. O WhatsApp diz que não cumpriu a ordem judicial por "impossibilidades técnicas" uma vez que não copia ou arquiva as mensagens compartilhadas pelos usuários.

O WhatsApp diz que não cumpriu a ordem judicial por 'impossibilidades técnicas' uma vez que não copia ou arquiva as mensagens compartilhadas pelos usuários

Ainda segundo a juíza, esse tipo de postura prejudica o andamento das investigações e possibilita aos criminosos o uso de um ecossistema "protegido" da ação policial. Isso acaba resultando em um prejuízo para a segurança da população, que pode se sentir ameaçada por causa da ação dos criminosos. Além do bloqueio, Daniela Barbora estipulou uma multa de R$ 50 mil por dia até que o Facebook atenda à ordem judicial.

A juíza ainda disse que a empresa respondeu por email em inglês "como se esta fosse a língua oficial deste país", demonstrando descontentamento com a postura do Facebook. O Sindicato das Operadoras de Telecomunicações (Sinditelebrasil) já informou que ainda não foi notificado sobre o caso, e as operadoras só souberam do bloqueio através da imprensa, sem um posicionamento oficial.

Passado recente

Não é a primeira vez que o aplicativo é impedido de funcionar aqui no Brasil. No final do ano passado, o WhatsApp foi bloqueado por conta de uma decisão da Justiça de São Paulo e permaneceu assim por cerca de 12 horas por decisão do Tribunal de Justiça do estado. Essa, na verdade, é a quarta vez que o app de mensagens mais popular aqui no Brasil é impedido de funcionar.

Fique ligado, pois atualizaremos esta notícia com mais informações em breve.

Alternativas

Enquanto o aplicativo estiver fora do ar, é possível recorrer a outros aplicativos que fazem o mesmo que o mensageiro. O TecMundo já listou 10 alternativas para substituir o WhatsApp.

Rir para não chorar

Quem não se lembra da enchurrada de memes e piadas sobre o bloqueio do WhatsApp aqui no Brasil? Confira o vídeo que o canal no YouTube Porta dos Fundos fez para satirizar essa situação e as imagens que melhor retratam o desespero dos brasileiros.

1. Lições de Temer

2. Hora de investir em novas tecnologias

3. sdds

4. Ué

5. Vai lá com sua amiguinha

6. Difícil

7. União garantida

8. Quem é aquele cara que tá ali na mesa?

9. Bela lição

10. =(

11. Moooorta

12. Sem palavras

13. Eu fico triste

14. Salvem-me

15. Me passa seu pager

16. Não dáááá

17. Corre, Zucka

18. Hello...

19. Salvando vidas

20. Tá aí uma verdade

Cupons de desconto TecMundo: