Imagem de Dead Space Extraction
Imagem de Dead Space Extraction

Dead Space Extraction

Nota do Voxel
79
Ficha Técnica
Lançamento: 29/09/2009
Desenvolvedora: Visceral Games
Distribuidora: Electronic Arts
Nº de Jogadores: 1-1
Resumo
Dead Space Extraction é um jogo de horror da aclamada franquia homônima gerada no PC, PlayStation 3 e Xbox 360, que chegou às prateleiras ano passado. Desta vez, o game, exclusivo para Nintendo Wii, adota uma perspectiva diferente e demonstra o início dos acontecimentos da espaçonave Ishimura.

Ao contrário da versão original, Extraction não conta com a visão sobre os ombros, semelhante ao famoso Resident Evil 4. No jogo, você literalmente entrará na visão dos protagonistas, adotando a famosa perspectiva em primeira pessoa. A locomoção é automática, “on-rail”, mas isto não afeta a diversão do game.

A trama envolve os acontecimentos anteriores ao primeiro jogo. Durante o game, você viverá na pele de diversos protagonistas diferentes, e receberá depoimentos em vídeo e jornais que serão essenciais para o entendimento da história. Além disso, diálogos também serão úteis, revelando informações úteis.

Você utiliza o Wii Remote para disparar e com o Nunchuk controla os movimentos de seu personagem. Assim como em Dead Space, é possível alterar entre fogo secundário e primário — função disponível em todas as armas encontradas no game. Para isso, tudo o que se deve fazer é torcer o Remote em um ângulo de 90 graus, fazendo com que o retículo se altere.

O jogo conta com uma grande quantidade de inimigos distintos, assim como na versão tradicional. Você ainda pode disparar nas partes estratégicas de cada monstrengo, arrancando seus membros e prejudicando a movimentação. Fora os disparos a longa distância, o game também apresenta os ataques corpo-a-corpo, que são acionados com uma sacudida no Nunchuk. Se você acha que a violência será reduzida, por ser um game para Wii, está enganado: a desenvolvedora encharcou o Extraction com sangue.

Fora isso, Extraction apresenta quebra-cabeças, que devem ser resolvidos para que o jogador possa progredir no game, e o uso da telecinése. Uma das novidades interessantes é a “Glow Worm”. Trata-se de um periférico capaz de produzir luz através de elementos químicos, mas que precisa ser agitado para funcionar, impedindo que o jogador utilize sua arma.

Comentários

Conteúdo disponível somente online