Em uma corrida entre um caminhão recordista de velocidade de 2,4 mil cavalos e um carro de corrida com um quarto dessa potência (e um peso significativamente mais baixo), quem ganha? Bom, a Volvo resolveu tirar a prova e colocou dois de seus principais ícones de performance da atualidade para disputar e responder à pergunta na pista.

De um lado, o Iron Knight – sobre o qual já falamos por aqui –, um caminhão desenvolvido pela montadora sueca com um único objetivo em mente: pulverizar o recorde de velocidade terrestre para veículos pesados, o que, cuidado com o spoiler, ele conseguiu com facilidade.

A proeza não foi de graça: tudo serviu também para mostrar a nova tecnologia de câmbio da marca, batizada de I-Shift, que consiste em uma estrutura de transmissão com embreagem dupla.

Emparelhado com ele está o sedã S60 Polestar TC1, que estreou em 2016 no campeonato mundial de carros de turismo da FIA, o WTCC. O carro tem um motor turbo de 400 cavalos, mas é muito mais leve que o caminhão. A parte curiosa? O S60 faz de 0 a 100 exatamente no mesmo tempo que o Iron Knight: 4,6 segundos.

Com tamanha coincidência, a Volvo decidiu que uma disputa justa consistiria de dois desafios. O primeiro deles seria a arrancada, o famoso “racha”. Os dois veículos precisaram lidar com a superfície escorregadia para conseguir tracionar.

Depois, foi a vez de uma disputa em um circuito de Mantorp, na Suécia. O caminhão recebe uma vantagem para que a disputa seja mais justa. O resultado dos dois desafios não é necessariamente uma surpresa e você pode conferir toda a ação no vídeo abaixo. Ainda assim, é muito bacana ver dois titãs assim dividindo a mesma pista.

Esse tipo de comparativo é sempre legal pra caramba de ver.

Cupons de desconto TecMundo: