Está aberta a temporada de caça a um dos clientes de download mais populares do mundo, o uTorrent. De acordo com o site TorrentFreak, a plataforma agora é tida como perigosa ou de conteúdo malicioso por serviços de segurança como softwares antivírus e até o filtro de buscas do Google.

Aparentemente, uma série de programas de segurança para o computador começou a bloquear o uTorrent repentinamente, alegando a presença de componentes potencialmente perigosos. A mensagem dos antivírus cita que o arquivo EXE do serviço está relacionado com o Trojan.Win32.Generic!BT e o OpenCandy, um adware que é polêmico e pode gerar um falso positivo — mas que era aceito até o momento.

Além disso, o Google iniciou uma jornada própria para dificultar o acesso do usuário à plataforma. No Chrome, a página de download da atual versão do uTorrent leva você a um alerta em vermelho sobre os potenciais perigos do site. Isso significa que ele foi denunciado ao menos sete vezes nos últimos noventa dias.

Em testes próprios, a empresa detectou "downloads maliciosos sendo feitos e instalações sem o consentimento do usuário". Vale lembrar que o próprio uTorrent já tem a imagem bastante negativa: em março, vazou a informação de que ele usava PCs de clientes para minerar bitcoins durante o download.

"Nas próximas semanas, as melhorias nesse sistema de detecção ficarão mais notáveis no Chrome: usuários verão mais avisos do que nunca sobre softwares que não são bem-vindos" - Google

O Torrent Freak informa que vários sites de torrent também receberam o mesmo aviso. Em resposta às denúncias, a Google afirma que esse é o resultado de uma nova filtragem de páginas que podem realizar "mudanças inesperadas" no seu computador. Por enquanto, a equipe do uTorrent ainda não se pronunciou sobre o caso.

Como ser seed de um arquivo torrent sem ter os arquivos? Veja no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: