Se você é do tipo que achava que as novidades a respeito dos projetos automobilísticos da Tesla haviam se encerrado em grande estilo a demonstração nada humilde do sistema de direção autônomo da marca, pode se preparar para mais alguns agradinhos. Isso porque na última terça-feira (1º), durante uma conferência financeira da empresa, Elon Musk revelou que o vindouro Tesla Model 3 pode contar com um teto solar bastante especial.

Em uma reunião feita junto aos acionistas para acertar a fusão da Tesla com a SolarCity – uma votação que deve ser realizada no próximo dia 17 de novembro –, o CEO do grupo deixou escapar que os futuros top de linha da montadora devem contar com a mesma tecnologia de vidro usada nos novos painéis solares anunciados pela companhia na sexta-feira passada (28).

Mais tecnologia no Model 3? Tô dentro!

Enquanto no primeiro anúncio o vidro tecnológico assume a forma de telhas capazes de captar a luz solar e convertê-la em energia para alimentar lâmpadas e eletrodomésticos nas casas – tudo com um visual bem mais bonito que dos painéis convencionais –, no caso desta semana a ideia parece ser que o material ocupe uma boa porção da parte superior do automóvel, quase que totalmente translúcida.

Musk não explicou muito que funções o produto traria ao automóvel, mas aproveitou a ocasião dizer que está trabalhando com pessoas fenomenais nesse projeto e que a divisão especializada em vidros na companhia está utilizando diversas técnicas do setor automobilístico. Seja como for, tendo como base no pronunciamento anterior do executivo, não é difícil imaginar alguns dos benefícios da integração desse novo componente ao Model 3.

Autonomia extra, resistência e mais

Partindo do princípio que quase toda a parte superior do carro é de vidro e que esse material vai compartilhar uma tecnologia semelhante ao dos painéis solares reformulados da Tesla, um recurso esperado poderia ser o de um teto que realmente faça jus ao nome “solar”. Se o objeto for capaz de fazer com que algumas horas no trânsito em plena luz do dia se convertam em alimento adicional para a bateria do carro, podemos estar diante de um veículo bem mais eficiente que seus irmãos mais velhos.

É muito vidro nesse teto, sério mesmo

Funções de descongelamento e aquecimento podem migrar dos telhados para o Model 3

Outro ponto abordado por Musk ao anunciar suas telhas tecnológicas é o fato de elas serem incrivelmente resistentes a impactos, arranhões e condições climáticas – dando uma segurança extra em cima do vidro convencional utilizado nesse tipo de cobertura nos veículos. Por fim, funções de descongelamento e aquecimento para lidar com vidros embaçados ou cobertos de neve podem migrar dos telhados para o Model 3, garantindo a melhor experiência para o condutor e os passageiros do carro.

Claro que essas são apenas suposições do que a Tesla Motors pode fazer com seu novo brinquedinho. Para ter certeza do que o automóvel vai representar para a marca e para o mercado, ainda vamos ter que esperar por mais detalhes vindos diretamente do CEO da companhia. Algum palpite a respeito do tema?

Cupons de desconto TecMundo: