Com toda a polêmica envolvendo o bloqueio temporário do WhatsApp no Brasil, o Telegram teve um aumento intenso no seu número de novos usuários entre a noite da quarta-feira (16) e o final do dia seguinte. Chegando a um total de 1,5 milhão de downloads em apenas 5 horas, o número máximo de pessoas que correram para adotar o serviço do app na quinta-feira (17) chegou à impressionante quantia de 5,7 milhões.

A quantidade de novos usuários cresceu de forma tão intensa que, durante a madrugada, o Telegram sofreu com uma sobrecarga que impediu que seus gateways entregassem as mensagens SMS de confirmação das contas das pessoas que tentaram começar a usar o serviço, o que causou um pouco de frustração por parte de quem estava tendo um primeiro contato com o app.

Menos é mais

Por mais que contar com uma grande quantidade de usuários seja o sonho de qualquer empresa criadora de aplicativos, isso não significa que os responsáveis pelo Telegram acharam que a situação foi ideal. Quando um usuário sugeriu que a equipe do serviço deveria estar feliz com o ocorrido em seu perfil no Twitter, a resposta foi um direto “preferimos um crescimento natural a esse tipo de pico”.

A razão para essa preferência certamente está relacionada com questões como a incapacidade dos gateways em processar as mensagens SMS dos novos usuários. Como o crescimento não estava dentro do planejado, a estrutura não estava preparada, causando problemas para muitos dos novatos. Esse tipo de frustração pode impedir que eles voltem a usar o app no futuro, o que certamente não é algo desejável para seus responsáveis.

Você pode saber mais sobre os problemas do WhatsApp e a ascensão do Telegram acompanhando a cobertura completa da história pelo TecMundo, que pode ser conferida clicando aqui.

Você resolveu dar uma chance para o Telegram enquanto o WhatsApp estava bloqueado? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: