O esporte mexe com as pessoas. Se a modalidade tem como fundo um cenário fantástico coberto pela neve, o público se encanta ainda mais. Talvez seja por isso que as Olimpíadas de Inverno conquistam tantas pessoas, mesmo com atividades pouco conhecidas do público brasileiro.

A cidade de Vancouver, no Canadá, é o palco onde mais de 2500 atletas de 82 países estão reunidos na disputa de 15 modalidades espalhadas por 35 pontos de competição. Neste artigo, você vai conhecer e saber um pouco mais sobre o TOC (sigla para Centro de Operações Tecnológicas), o “quartel-general” que não perde nenhum detalhe dos jogos e transmite tudo para todo o mundo.

O cérebro das Olimpíadas

O TOC, centro de todas as operações de TI em Vancouver (imagem: CIO EUA).TOC é o nome do núcleo de informações das Olimpíadas de Inverno, instalação que o diretor de informática dos jogos de Vancouver, Ward Chapin, comparou a um centro de comando da NASA, a agência espacial norte-americana.

Em poucas palavras, o TOC é responsável por todos os sistemas de informação das Olimpíadas, incluindo gerenciamento de resultados, ingressos, transportes e atendimento a mais de 25 mil voluntários e 10 mil membros de imprensa do mundo todo.

A estimativa oficial é que 2000 pessoas integrem a equipe de Tecnologia da Informática em Vancouver. Essa equipe conta com 400 especialistas locais e de outros países e também voluntários de todo o mundo.

O núcleo da estrutura são 13 sistemas que trabalham simultaneamente para garantir que as informações não parem de circular.

A área de TI dos jogos de Vancouver é dividida em três focos principais: Segurança e Gerenciamento de Risco, Sistemas de Gerenciamento de Jogos e Sistemas de Difusão de Informações.

Segurança e Gerenciamento de Risco

Para garantir a segurança das informações, a rede dos jogos é separada da intranet, e também é dividida em vários domínios de segurança. Processos como antivírus e cobertura de portas aumentam a segurança na circulação dos dados. Ao mesmo tempo, sistemas para detecção de intrusos funcionam em lugares estratégicos.

Quando o tráfego de informações está fora do normal, qualquer incidente pode ser registrado através de logs. A equipe de segurança de operações trabalha 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Sistemas de Gerenciamento de Jogos

Esta área cuida de tudo o que envolve as disputas: credenciamento, classificações, transporte e acomodação, chegadas e saídas, equipes, etc. É dividida em diferentes áreas:

  • Credenciamento
  • Transporte
  • Qualificação e participantes
  • Informações médicas
  • Chegadas, saídas e protocolos
  • Informações de staff

Sistema de difusão de informações

A infraestrutura do TOC é composta por 800 servidores, 6 mil computadores, 4 mil impressoras e terminais CIS e INFO2010.

O INFO2010 é o centro para a difusão de informações dos Jogos de Vancouver. É a intranet disponível para mídia autorizada, atletas, familiares e oficiais do COI (Comitê Olímpico Internacional). As pessoas autorizadas podem acessar o sistema de seus laptops, pois tudo é feito com tecnologia wireless.

Outra peça fundamental para a circulação de informações é o CIS, sigla para Commentator Information Systems (traduzido livremente como Sistemas de Informação para Comentaristas). É um sistema de intranet baseado em Java que abastece narradores e comentaristas esportivos com todos os tipos de dados sobre modalidades e atletas.

Sistemas, redes e computadores que não tiram os olhos do evento (imagem: CIO EUA).
Imagem: CIO EUA

Através de telas touchscreen, os comentaristas conseguem as informações que querem passar ao público imediatamente, incluindo histórico de resultados dos competidores em gráficos. Os profissionais podem, por exemplo, dividir a tela entre a transmissão ao vivo do evento e os resultados relacionados.

Os comentaristas também acessam resultados de competições dos estúdios do seu país de origem. O sistema foi implantado pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

Os resultados são distribuídos para o site oficial da competição, para a mídia esportiva e para a internet através do IDF (Internet Data Feed), que reúne todos os resultados e dados em tempo real tanto do INFO quanto do CIS. Há também o Results Data Feed, que fornece dados em formatos específicos para agências de notícias como Reuters, AFP e outras.

O Laboratório

Todo o sistema de TI dos Jogos de Vancouver foi testado por mais de 100 mil horas antes mesmo da competição começar, mas isso não quer dizer que os testes pararam após a cerimônia de abertura. O Integration Test Lab (Laboratório de Teste de Integração) foi desenvolvido e construído para colocar todos os sistemas de cobertura dos jogos à prova.

O laboratório tem instalações próprias, aplicativos e toda estrutura necessária para garantir que tudo funcione corretamente e com durabilidade para suportar a demanda dos jogos.

Detalhe do laboratório, que testa todos os sistemas durante os jogos (imagem: CIO EUA).
Imagem: CIO EUA

Tour

O site da Atos Origin tem imagens panorâmicas para que você faça um tour virtual por algumas das instalações em Vancouver. Acesse a página do tour, na qual você passeia pelo TOC,  pelo Laboratório de TI e também pelo Oval de Richmond (instalação das competições de patinação).

Acompanhe ao vivo pela internet

Você pode conferir as disputas dos Jogos de Vancouver através do Terra, transmissora oficial do evento pela web no Brasil. A cobertura do portal é dividida em canais (sendo um com narração). Você assiste às transmissões com “luz apagada” (ou seja, com o brilho da tela reduzido) e também em uma janela separada (pop up).

Ao mesmo tempo em que assiste às disputas, você pode deixar seus comentários no Terra e também em serviços como Twitter e Facebook. Também é possível bater papo com outros usuários e acompanhar o que estão dizendo sobre as Olimpíadas pelo Twitter. Além dos canais ao vivo, você também tem acesso aos canais de cada esporte.

No site oficial dos Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver, não há transmissão ao vivo, mas vídeos especiais sobre os mais variados assuntos referentes às modalidades e  aos atletas. Tanto no Terra como no site oficial da competição, você tem acesso a todas as informações que procura. No entanto, o site oficial é em inglês e exige conhecimento avançado do idioma.

As Olimpíadas no seu Desktop

Os Jogos Olímpicos de Vancouver têm um widget oficial para a Área de Trabalho. O aplicativo passa informações "do forno", alerta quando começam as finais de suas modalidades favoritas, oferece links para o site oficial das Olimpíadas para você acompanhar os medalhistas em tempo real e linka também para o Terra, transmissora oficial do evento pela Web.

Clique neste link para acessar a página do widget. Nela, clique em "Install Now" para instalar o aplicativo. Ele é desenvolvido com a tecnologia AIR, então você precisa ter o Adobe AIR instalado em seu computador.

O Widget oficial de Vancouver 2010.

Esperamos que você tenha gostado desse pequeno tour pelo que se passa por trás de todas as informações que circulam para todos os envolvidos em Vancouver. Participe, deixe seu comentário e contribua com esse fascinante cenário tecnológico. Até uma próxima.

Cupons de desconto TecMundo: