O ASUS MeMO Pad HD 7 é considerado por muitos como o irmão menor do Nexus 7, o tablet oficial da Google. Em essência, o gadget foi criado para brigar pelo mercado de entrada dessa categoria de eletrônico, mas sua configuração e seu preço colocam o aparelho na disputa do segmento intermediário.

Os seus destaques são o processador quad-core, o 1 GB de memória RAM e a bateria de 3.950 mAh com autonomia prometida de até dez horas. O modelo desembarcou no Brasil em outubro de 2013 com o preço sugerido de R$ 799. Hoje em dia, ele pode ser encontrado por valores um pouco menores.

Originalmente, os seus concorrentes diretos são o HP Slate 7, o Acer Iconia B1, o Positivo Mini e o Fonepad, da própria ASUS. Apresentando um visual bacana, um desempenho coerente com a sua configuração, boa variedade de apps exclusivos, uma bateria que dá conta de uma rotina puxada e espaço de armazenamento satisfatório, o MeMO Pad HD 7 mostrou ter um bom custo-benefício.

Especificações Técnicas

(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

Aprovado

Simples, mas elegante

A ASUS empregou linhas arredondadas para dar ao MeMO Pad HD 7 um visual moderno e elegante. O aparelho que testamos segue os padrões de design de alguns dos modelos mais populares desse nicho, tendo a parte frontal toda na cor preta e a parte traseira com tonalidades variadas – no nosso caso era a cinza-escuro.

A carcaça de trás do gadget é revestida com um plástico rígido e fosco. Além de passar uma sensação de robustez, essa combinação de características ajuda a reduzir aquelas tradicionais marcas de dedo deixadas pela oleosidade natural da nossa pele.

(Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

Os acabamentos do MeMO Pad HD 7 são impecáveis e não deixam qualquer rebarba ou fissura em seus encaixes. Embora não seja muito fino (1,08 cm de espessura) nem o mais leve da sua categoria (302 gramas), o aparelho proporciona uma pegada ergonômica e segura. Assim, o risco de quedas é menor e você não cansa a mão mesmo quando segura o dispositivo por longos períodos.

Este produto da ASUS ainda tem uma peculiaridade: seus botões não ficam exatamente na sua lateral. Eles estão posicionados de uma forma que ficam voltados mais para a sua parte traseira. Particularmente, nós gostamos disso porque facilita o acesso aos botões quando o gadget é segurado com as duas mãos. Porém, devemos admitir que essa posição pode ser incômoda para pegar o tablet com apenas uma delas.

(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

Por fim, o posicionamento das entradas de fone de ouvido e micro USB na parte superior direita da sua estrutura não atrapalha para jogar com o aparelho na horizontal. Com isso, você pode aproveitar dos seus games com o gadget recarregando e evitando atrapalhar as pessoas em sua volta sem aqueles cabos e conectores no meio dos dedos.

Excelente resposta ao toque

Outro componente do MeMO Pad HD 7 que nos agradou foi a sua tela. Ela, que tem uma angulação de 170°. Esse nível é bom para a sua categoria e permite que o conteúdo mostrado não apresente distorções acentuadas, afetando a visualização do que está sendo exibido, com pequenos movimentos.

O display possui a tecnologia IPS embarcada, a qual promove ótima reprodução de cores. Nesse sentido, o aparelho conta ainda com o app Splendid que permite o ajuste da intensidade do esquema de cores. Dessa forma, você é capaz de adaptar a performance da tela conforme o tipo de conteúdo a ser reproduzido.

(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

Também não temos do que reclamar da resposta aos toques. O multitouch do MeMO Pad HD 7 possui suporte para até 10 pontos de toque simultâneos, algo importante principalmente na hora de jogar. Além disso, acreditamos que as suas 7 polegadas sejam um tamanho agradável tanto para leitura quanto para navegação ou jogatina.

Curtindo um som

O sistema de som do MeMO Pad HD 7 é mais do que satisfatório. Durante nossos testes, ele apresentou ótima perspectiva tridimensional, característica bem relevante para assistir filmes e aproveitar dos melhores games. A reprodução de sons se mostrou impecável, em especial quando utilizados fones de ouvido, ao manter a nitidez dos sons mesmo com o volume no máximo.

Ao remover o acessório, mas mantendo a mesma configuração de volume, foi possível perceber a existência de pequenos chiados nos graves — mas nada que chegue a afetar drasticamente a sua experiência sonora. E tal desempenho não é alcançado sem o uso de tecnologias específicas.

(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

No caso do MeMO Pad HD 7, isso fica por conta do SonicMaster, recurso que emprega sofisticadas técnicas de processamento de áudio, somado à presença de alto-falantes construídos com ligas metálicas e câmaras de ressonância maiores do que o convencional — aumentando a potência, a fidelidade e o balanço do som.

Energia suficiente para o dia a dia

A bateria de 3.950 mAh do MeMO Pad HD 7 é uma das grandes promessas reforçada pela ASUS em todos os conteúdos promocionais dele. Na prática, como era de se esperar e acontece com praticamente todos os dispositivos eletrônicos, não conseguimos alcançar a autonomia prometida pela fabricante.

Com o brilho de tela no máximo, o volume em 50% e a conexão WiFi ligada, realizamos um teste de reprodução com um vídeo em 720p. O resultado estimado foi o consumo de toda a carga em aproximadamente 7 horas. O valor está abaixo das 10 horas anunciadas pela companhia em condições “ideais”, mas podemos considerar que ele ficou dentro da média para a sua categoria.

Espaço de sobra

Com a popularização de conteúdos com qualidades de imagem cada vez maiores, os espaços de armazenamento mais comuns entre os aparelhos eletrônicos têm cada vez menos “valor percebido”. Em outras palavras, você consegue colocar menos coisas com o mesmo espaço destinado para seus documentos, vídeos, imagens e músicas.

Embora os 16 GB da versão do MeMO Pad HD 7 que analisamos não tenham nada de surpreendente, a ASUS se preocupou em viabilizar a expansão desse repositório. Primeiro adicionando o suporte para cartões de memória micro SD, permitindo a guarda de mais 32 GB. E isso não é tudo.

Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

A empresa oferece uma licença de um ano grátis do plano de 16 GB no seu serviço de armazenamento online, o ASUS Webstorage. Com isso, somando os 12 GB de espaço interno (os outros 4 GB ficam destinados para o SO e seus recursos fundamentais) ao cartão de memória e ao serviço na web, você tem cerca de 60 GB para salvar suas coisas digitais.

Aplicativos exclusivos

Como exigido pela Gigante das Buscas, as fabricantes que decidem usar o Android precisam realizar alterações na interface e funções da plataforma. Para tanto, a ASUS resolveu investir pesado no desenvolvimento de aplicativos exclusivos que proporcionem uma interação mais prática e eficiente com o seu produto.

Um desses softwares é o SuperNote, que possibilita a criação de notas e lembretes utilizando muito mais que apenas texto. Com ele, você pode inserir fotos, vídeos, arquivos de áudio e personalizar o plano de fundo.

AmpliarSuperNote à esquerda e Story à direita. (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

Para a edição, a organização e o compartilhamento dos seus álbuns de fotos, o MeMO Pad HD 7 oferece o aplicativo Studio. Ainda no tocante à produção audiovisual, o gadget conta com o programa Story, o qual possibilita a elaboração de histórias ilustradas e animadas com base no seu acervo de fotografias e imagens.

Quando o assunto é comunicação, o destaque fica com o app BuddyBuzz. Ele reúne as atividades e notificações de todos os seus perfis nas principais redes sociais da atualidade, incluindo Facebook e Twitter, em um único lugar.

Reprovado

Pequenos detalhes fazem a diferença

A aparência do MeMO Pad HD 7 pode ser bonita, mas ela poderia ser ainda mais atraente se os projetistas tivessem um pouco mais de cuidado na hora de ter desenhado o design deste modelo. A principal crítica que temos a fazer é sobre o fato de o display não aproveitar bem as bordas da sua estrutura.

(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

O espaço entre o final da tela e o fim da carcaça é grande e torna essa área completamente inútil. Se essas partes fossem mais bem aproveitadas, além de ter um visual mais sofisticado e homogêneo, o display poderia ser um pouco maior ou o tamanho do aparelho ser reduzido — o que, consequentemente, o tornaria mais leve e fácil de ser carregado e segurado.

Cadê o fone?

Conforme mencionamos anteriormente, a qualidade sonora do MeMO Pad HD 7 é ótima. Porém, uma coisa nos chateou em relação à experiência de som deste modelo: a falta de um fone de ouvido. O aparelho não é acompanhado desse acessório, ou seja, se você quiser escutar música, jogar ou assistir a vídeos sem expandir o som para quem está do seu lado, precisa comprar um fone avulso.

Poderia ser melhor

Se a resposta tátil e a reprodução de cores da tela deste modelo são excelentes, a sua resolução não surpreende. A qualidade WXGA (1280x800 pixels) fica abaixo do esperado principalmente para quem gosta de assistir a filmes em HD ou resoluções superiores e usufruir ao máximo do visual dos jogos mais recentes e elaborados.

(Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

Outra coisa que nos incomodou no display do aparelho foi o alto índice de reflexão. Com isso, a visualização do que é apresentado na tela é atrapalhada significativamente em lugares muito iluminados. Além disso, a iluminação dela pode não ser suficiente em ambientes externos e dificultar a leitura, a visualização de um vídeo ou a jogatina.

Pouca coisa além do básico

Em relação à câmera principal do MeMO Pad HD 7, que possui 5 megapixels de resolução, só podemos dizer que ela é apenas mais um acessório. A qualidade das imagens não passa de razoável, sendo satisfatória somente em ambientes externos ou com iluminação apropriada para fotografias.

A falta de um flash incorporado faz com que o aparelho não seja nada indicado para capturas em lugares escuros. A granulação das imagens é bem evidente nesses casos. Até mesmo as gravações que teoricamente são feitas em 720p nos causaram certa estranheza e quando passadas para o computador não parecem ter tal qualidade.

Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

A ASUS tentou contornar esses problemas disponibilizando um software de câmera com vários recursos. Os grandes atrativos nesse sentido são as funções de fotos panorâmicas e a HDR. Contudo, o app ainda possui vários filtros capazes de personalizar a imagem já na hora da captura e poupar trabalho com edições posteriores. Ele ainda permite a configuração de diversos aspectos, como o balanço de branco, o ISO, o obturador e o mecanismo antivibração.

Testes de desempenho

Como de praxe em nossas análises de eletrônicos, nós efetuamos uma série de testes com a intenção de averiguar o desempenho do modelo analisado. O MeMO Pad HD 7 passou pelas avaliações dos seguintes benchmarks: 3D Mark (teste Ice Storm Unlimited), AnTuTu Benchmark 4 , GFX Bench (T-Rex HD Off Screen e T-Rex HD On Screen) e Vellamo Mobile Benchmark (HTML5 e Metal).

 

Em pontos. Quanto maior, melhor. (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

Em frames por segundo. Quanto maio, melhor. (Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

Resumidamente, o que podemos dizer é que os resultados alcançados por este tablet da ASUS estão de acordo com a sua configuração de hardware. Em outras palavras, seus componentes trabalham de forma harmoniosa, na medida do possível, e entregam um potencial de processamento dentro do esperado.

Abaixo, a título de mera ilustração, você confere alguns gráficos comparativos entre o MeMO Pad HD 7 e alguns dos smartphones e tablets que nós já analisamos e que tiveram os desempenhos mais próximos dele em cada teste individualmente

Na prática

A percepção de performance do MeMO Pad HD 7 na prática foi satisfatória e o gadget não nos decepcionou, mesmo quando o colocamos para trabalhar pesado. Acompanhando nossa rotina de trabalho, ele executou vários programas simultaneamente (incluindo player de música e de vídeos, clientes de redes sociais, navegadores, leitores digitais, loja de aplicativos, entre outros) sem apresentar qualquer sinal de lentidão ou travamento.

Aproveitando a presença de uma CPU quad-core e de uma GPU considerável, fizemos o tablet da ASUS rodar vários jogos, de gêneros e níveis de exigência de hardware distintos. Desde títulos mais simples, como Flappy Bird e Temple Run 2, a games mais robustos, incluindo Real Racing 3, FIFA 14 e Blitz Brigade, o MeMO Pad HD 7 rodou todos com fluidez.

(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

Vale a pena?

Quando anunciado oficialmente em terras tupiniquins, o MeMO Pad HD 7 custava R$ 799. Com quase cinco meses nas lojas brasileiras, esse valor já começa a apresentar quedas. O modelo já pode ser encontrado na internet, em lojas confiáveis de e-commerce, por preços que chegam a quase R$ 700 (buscas feitas no dia 13 de fevereiro de 2014).

Esse valor é em média 100 a 200 reais mais caro que seus concorrentes diretos originalmente destinados ao segmento de entrada. Porém, o produto da ASUS tem configuração mais potente que todos eles.

Nessa mesma faixa de preço é possível encontrar, por exemplo, o MSI Primo 81, o Philco 9A-B111A, o Semp Toshiba TA 0703G e, com especial destaque, o Galaxy Tab 3, em sua versão apenas com WiFi e com 8 GB de armazenamento interno. Mesmo comparado ao gadget da Samsung, o MeMO Pad HD 7 tem processador mais parrudo — e isso pode fazer a diferença na hora do tablet atuar com multitarefas e rodar jogos.

O design do aparelho da ASUS é bonito, ele mostrou aguentar uma rotina relativamente pesada e tem um bom espaço de armazenamento. Apesar de a sua câmera deixar a desejar e alguns detalhes pesarem como pontos negativos, a avaliação geral do MeMO Pad HD 7 é positiva.

Com isso, o MeMO Pad HD 7 mostra que não deve nada para nenhum modelo do segmento em que se propõe a concorrer. Se você tem um pouco mais de dinheiro guardado e procura por um tablet funcional, vale a pena estudar a aquisição deste aparelho e confrontá-lo com outros dispositivos que você tenha em vista.

O aparelho usado para esta análise foi cedido pela ASUS.

Cupons de desconto TecMundo: