(Fonte da imagem: Reprodução/Telegraph)

A rivalidade e a "guerra termonuclear" declarada da Apple contra a Google já existiam muito antes das duas empresas concorrerem no mercado de sistemas operacionais móveis, com o iOS e o Android, respectivamente.

É isso que mostra a mensagem acima, um email vazado entre o cofundador da Apple, Steve Jobs, o cofundador da Google, Sergey Brin, o atual diretor, Eric Schmidt, e outros funcionários. Pelo que o texto deixa a entender, há uma política de que uma das empresas não pode contratar funcionários que trabalham para a rival, já que isso significa a exposição de planos e o desfalque proposital da concorrente na hora de construir um produto na mesma área.

(Fonte da imagem: Reprodução/Business Insider)

"Isso significa guerra"

"Hoje eu recebi uma ligação do Steve Jobs e ele estava bastante agitado. Era sobre nós recrutarmos gente da equipe do Safari. Ele tinha certeza de que nós estávamos trabalhando em um navegador e tentando pegar gente do time do Safari. Fez várias ameaças também (...)", diz uma das primeiras mensagens.

No email, Brin conta que disse a Jobs que não iria lançar um navegador para o mesmo mercado do Safari, mas que "não mencionou" que eles poderiam lançar uma versão melhorada do produto da Mozilla – que viria a ser o Google Chrome, atual líder na área de browsers.

(Fonte da imagem: Reprodução/Business Insider)

Na segunda mensagem, fica claro que a Google realmente tentou contratar um funcionário do Safari, mas tentou manter tudo por debaixo dos panos. "Recebi outra ligação raivosa de Jobs hoje. Não acho que devemos deixar isso determinar nossa estratégia de contratação, mas achei que você [Schmidt] deveria saber. Basicamente, ele disse `se você contratar uma dessas pessoas, isso significa guerra`. Falei que não poderia prometer nada, mas ia discutir isso com a equipe de executivos. (...) Um meio-termo seria continuar com a oferta que fizemos para (nome removido), mas não fazer outras até ganharmos permissão da Apple", escreve.

Os emails são datados de 2005. Dois anos depois, saiu a primeira versão do iPhone. Já o primeiro Android é de 2008, ano em que a tal guerra começaria a ficar mais perigosa.

Cupons de desconto TecMundo: