Windows 11: Microsoft remove mais funções do Painel de Controle

1 min de leitura
Imagem de: Windows 11: Microsoft remove mais funções do Painel de Controle
Imagem: Microsot
Avatar do autor

A Microsoft irá remover a página Aplicativos e Recursos do Painel de Controle a partir da versão 22H2 do Windows 11 . A Build 22523, que já está disponível para os usuários do programa Windows Insider, direciona clicks nessa página direto para a aba de Configurações do novo sistema operacional (SO).

Desde as primeiras versões do SO, o Painel de Controle do Windows funcionou como um hub central para achar todas as configurações do sistema. Uma de suas vantagens era centralizar um acesso fácil para ferramentas e opções avançadas de configuração, especialmente para usuários mais proficientes.

Grandes mudanças

As novas versões dessas ferramentas, além de serem visualmente mais intuitivas, geralmente escondem funções importantes para evitar que usuários leigos modifiquem itens cruciais do sistema sem querer. Entretanto, usuários avançados acabam precisando recorrer a funções via registro ou terminal para executar tarefas importantes que antes estavam acessíveis com alguns cliques.

Mesmo tendo sido atualizado no Windows 7, a partir do Windows 8 a Microsoft começou, aos poucos, a substituir funções do Painel de Controle por versões visualmente mais modernas e concentradas na página de configurações.

Página Aplicativos e RecursosPágina Aplicativos e RecursosFonte:  Windows Latest 

A Microsoft só remove itens do Painel de Controle quando considera que suas principais ferramentas já estão implementadas na página de Configurações e, ao que tudo indica, esse parece ser o caso da página Aplicativos e Recursos.

O Painel de Controle ainda ficará disponível até que todos os itens essenciais para o usuário padrão estejam acessíveis em outras áreas do sistema, mas o plano a longo prazo é removê-lo completamente.