Bug que cria pastas vazias chega ao Windows 11

1 min de leitura
Imagem de: Bug que cria pastas vazias chega ao Windows 11
Imagem: Microsoft
Avatar do autor

Um bug esquisito e aparentemente inofensivo, que incomodava alguns usuários do Windows 10, foi observado também no Windows 11. Divulgado no site WinFuture nesta segunda-feira (1º), o problema faz com que o sistema crie pastas vazias, normalmente iniciadas com um título que contenha “tw” e com extensões “.tmp” no final.

Em junho, o site Blog City havia divulgado a falha na versão anterior do sistema operacional da Microsoft. Agora, no Windows 11, as milhares de pastas, todas vazias, estão de volta e, embora não causem nenhuma espécie de dano, acabam “inundando” alguns PCs. Quem quiser saber se tem o problema em sua máquina, pode conferir sua existência indo até C:\Windows\System32\config\systemprofile\AppData\Local.

Fonte: Tensforum/ReproduçãoFonte: Tensforum/ReproduçãoFonte:  Microsoft 

O que faz com que o sistema passe a criar pastas vazias?

Segundo especialistas, é possível que um aplicativo chamado ProvTool.exe seja o responsável pela ocorrência do bug. Trata-se de uma ferramenta de processamento do tempo de execução de pacote de provisionamento, um contêiner de definições de configuração com a extensão .ppkg.

Embora seja possível tecnicamente desativar o ProvTool, isso não deve ser feito, pois trata-se de um arquivo do sistema operacional, sendo, portanto, essencial ao bom funcionamento do Windows. A remoção poderia causar uma parada de sistema ou mesmo a corrupção de outros arquivos, segundo a Microsfoft.

Dessa forma, tendo em vista que as pastas vazias são aparentemente inofensivas, uma das alternativas é simplesmente ignorar o problema. Outra opção seria excluir as pastas, embora seja provável que o sistema crie outras quando você se conectar novamente. Pode ser que, com a publicidade dada agora à questão, a companhia de Redmond decida adotar alguma providência.