Google Fotos: iOS ganhará pasta segura para 'nudes' em 2022

1 min de leitura
Imagem de: Google Fotos: iOS ganhará pasta segura para 'nudes' em 2022
Imagem: Google/Divulgação
Avatar do autor

Usuários do Google Fotos no iPhone e no iPad terão acesso, em breve, à Pasta Segura, que permite guardar imagens em um local protegido por senha no app. A novidade foi revelada pela companhia de Mountain View na quinta-feira (28).

Atualmente disponível para os celulares Pixel, a função lançada na conferência Google I/O 2021 também deve ser expandida para outros celulares Android, conforme disse a big tech em setembro, mas sem confirmar a data. Já no caso do iOS, a ferramenta tem previsão de estreia para o “início de 2022”.

Com a Pasta Segura do Google Fotos, o usuário pode armazenar fotos e vídeos confidenciais, como os infames "nudes". As imagens salvas ficam protegidas dos bisbilhoteiros, pois o acesso só é liberado com senha ou impressão digital cadastrada no aparelho.

O espaço protegido por senha foi lançado em maio.O espaço protegido por senha foi lançado em maio.Fonte:  Google/Divulgação 

Os arquivos guardados no local seguro não aparecem na pesquisa da plataforma nem nos álbuns e memórias, além de ficarem indisponíveis para apps de terceiros. Vale destacar ainda que as imagens protegidas não são incluídas no backup na nuvem, ficando salvas apenas na memória do dispositivo.

Reforçando a segurança

A expansão da Pasta Segura é apenas uma das novidades divulgadas pela gigante das buscas em relação às suas iniciativas de segurança. A empresa também anunciou a navegação segura no app Mensagens, reforçando a proteção contra ataques de phishing e malware.

O lançamento do novo hub de segurança dos smartphones Pixel para todos os celulares Android também foi revelado, mas sem data para acontecer. A ferramenta reúne, no mesmo lugar, todos os recursos e configurações para manter o telefone seguro, orientando o usuário em caso de problema.

Disponível nos Estados Unidos e em outros sete mercados, a VPN do Google One será lançada em mais 10 países, incluindo Áustria, Holanda e Dinamarca. Ela é oferecida sem custo extra aos assinantes que têm planos com armazenamento na nuvem a partir de 2 TB.