AMD divulga datas para correção das falhas de CPUs no Windows 11

1 min de leitura
Imagem de: AMD divulga datas para correção das falhas de CPUs no Windows 11
Imagem: AMD
Avatar do autor

Depois de confirmar na semana passada que suas CPUs AMD Ryzen estavam mostrando quedas no desempenho de até 15% ao rodar no Windows 11, a AMD declarou quando as correções serão disponibilizadas aos usuários.

De acordo com o site Wccftech, o problema de comunicação do sistema UEFI CPPC2 com o sistema operacional já foi solucionado. Um novo driver encontra-se em processo de lançamento e deverá ser liberado ao público através de disponibilidade geral (GA) diretamente no site da empresa no dia 21 de outubro. Em alguns casos, a AMD poderá até enviar o programa aos usuários mediante solicitação.

Problema de latência do cache L3

O problema do cache L13 será corrigido através de uma atualização do Windows 11. (Fonte: Microsoft/Reprodução.)O problema do cache L13 será corrigido através de uma atualização do Windows 11. (Fonte: Microsoft/Reprodução.)Fonte:  Microsoft 

Um pouco mais complicada, por envolver interações com a estrutura do Windows 11, a questão da latência do cache L3, que impacta negativamente o desempenho de games da família eSports, também foi resolvido pela Microsoft, embora a correção não tenha sido incluída na primeira atualização do novo sistema operacional, liberada ontem.

Segundo o Wccftech, o problema de latência do cache L3 será corrigido como parte de uma atualização que será liberada pela Microsoft no dia 19 de outubro. Com essas duas atualizações, espera-se que as falhas de desempenho verificadas no Windows 11 ao rodar processadores Ryzen da AMD estejam definitivamente resolvidas.

O Windows 11 está disponível para download como upgrade gratuito para usuários do Windows 10 com PCs que atendem os requisitos do novo software. A empresa também já permite a criação de mídias de instalação — veja como baixar o sistema aqui.