Windows 11 vs. Windows 10: veja imagens comparativas dos sistemas

2 min de leitura
Imagem de: Windows 11 vs. Windows 10: veja imagens comparativas dos sistemas
Avatar do autor

O Windows 11 finalmente está entre nós: a Microsoft liberou o download do sistema operacional e quem tem um PC compatível já pode realizar a atualização gratuita para a nova edição do SO. No entanto, o bom e velho Windows 10 ainda permanecerá no mercado e vai receber atualizações até 2025.

Com a chegada do novo sistema, separamos imagens que comparam o visual do Windows 11  e o Windows 10. As imagens abaixo mostram a evolução visual da nova edição, bem como algumas das principais funções.

Uma das mudanças que mais chamou a atenção do público foi em relação ao Menu Iniciar. Tradicionalmente no lado esquerdo da tela desde o Windows 95, o novo software centraliza o botão. O formato, que lembra bastante o adotado pelo MacOS,  ajuda na produtividade em telas maiores.

De acordo com a Microsoft, a alteração do layout serve para facilitar o acesso às aplicações, arquivos, pastas, programas e configurações do sistema. Para quem não se adaptar, o Menu Iniciar pode ser recolocado no canto esquerdo, como ele está no Windows 10.

Outra promessa é que Windows 11 é o sistema operacional mais interativo, veloz e eficiente já lançado. A Microsoft “bateu na tecla” de que com o aumento do uso dos computadores, principalmente no período de pandemia, a ideia do novo software é tornar mais intuitivo o acesso às tarefas e informações.

Assim como o Windows 10, o novo sistema continuará focando o gerenciamento de atividades e o Microsoft Start, o sistema agregador que mostra informações sobre o clima, futebol, economia, notícias nacionais e internacionais. Enquanto a versão anterior exibia informações no Menu Iniciar e em um botão na lateral direita, o Windows 11 engloba os conteúdos no botão de widgets.

O Windows 11 também ganhou uma nova identidade visual. A reformulação deixou o sistema com uma estética ainda mais transparente do que o Windows 10. Segundo a Microsoft, o novo esquema visual deixa o software “mais bonito” e passa uma “sensação de calma e facilidade”.

Apesar da aposta no translúcido, vários temas do sistema têm cores mais fortes e marcantes. O novo papel de parede, composto de uma arte abstrata que lembra uma flor, também pode ser alterado para imagens de paisagens, por exemplo.

O SO também ganhou novos ícones para pastas e arquivos, tudo para deixar o software mais moderno, como era a promessa da atualização Sun Valley. O menu de Configurações agora tem um visual vertical e bem mais atraente, em comparação com o Windows 10.

Outra novidade bastante interessante é a nova Microsoft Store. Apesar das alterações estéticas mais pontuais, a nova loja de apps do está aberta para softwares de todos os tipos, incluindo para os chamados “third-parties”.

Até mesmo aplicativos Android estarão presentes na loja virtual. No anúncio oficial do novo software, a gigante da tecnologia mostrou que será possível baixar e utilizar apps como TikTok, Uber, Ring, Yahoo, Kindle e vários outros. Além disso, a Microsoft Store foi integrada a outras lojas virtuais, como a Epic Games Store.

Curtiu o visual do Windows 11? O sistema operacional já pode ser baixado no Brasil. Confira como foi a nossa experiência de uso com o SO neste texto de review.