MIUI 12.5 Enhanced: veja quais celulares receberão versão global

1 min de leitura
Imagem de: MIUI 12.5 Enhanced: veja quais celulares receberão versão global
Imagem: Xiaomi
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Xiaomi anunciou hoje (27), em uma postagem na Comunidade Mi, que a MIUI 12.5 Enhanced Edition, a nova versão de sua modificação do Android, agora será disponibilizada para o mundo inteiro. A distribuição da versão global terá início no quarto trimestre deste ano, com a atualização chegando, primeiramente, em um grupo limitado de celulares.

Para fazer jus ao seu nome, a atualização promete otimizações capazes de garantir mais rapidez e menor consumo de energia. Embora, na prática, não haja mudanças funcionais na nova versão, a Xiaomi faz questão de afirmar que este não é o antigo (e inconsistente) MIUI 12.5, mas uma edição turbinada.

Além de eliminar vários bugs, a versão Enhanced fez mais de 150 correções que devem melhorar o funcionamento do firmware e estender o ciclo de vida dos aparelhos. Para isso, a gigante chinesa implementou algoritmos que reduzem a carga no chipset e também o desgaste da unidade.

Veja a lista dos smartphones que serão atualizados para a Enhanced Edition do MIUI 12.5 ainda neste ano:

  • Xiaomi Mi 11 / Mi 11 Ultra / Mi 11 i / Mi 11X / Mi 11X Pro;
  • Xiaomi Mi 10 / Mi 10 Pro / Mi 10T / Mi 10T Pro.

Principais recursos prometidos pela MIUI 12.5 Enhanced Edition

Fonte: Xiaomi/DivulgaçãoFonte: Xiaomi/DivulgaçãoFonte:  Xiaomi 

Segundo a Xiaomi, MIUI 12.5 Enhanced trará "otimizações completas, desde o nível da estrutura central até os aplicativos". Veja alguns destaques da nova edição da interface para Android:

Armazenamento líquido

A eficiência da desfragmentação do disco foi aumentada, prometendo um forte desempenho, mesmo após meses de uso.

Memória atomizada

O novo mecanismo de gerenciamento de memória deverá fazer um ajuste ultrafino para tornar o uso da RAM mais eficiente. A simplificação envolve a divisão da memória e o fechamento automático de tarefas sem importância.

Algoritmos focados

Os novos algoritmos serão focados na redução do trabalho da CPU. Com base no uso, os principais cenários serão acelerados, com priorização nos processos principais, seguida de uma redução de impacto na utilização de aplicativos em segundo plano.