Microsoft afirma que visual do Windows 11 não afeta performance

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft afirma que visual do Windows 11 não afeta performance
Imagem: Divulgação/Windows
Avatar do autor

Nesta terça-feira (10), o canal de YouTube do Windows Developer lançou uma sessão de perguntas e respostas com desenvolvedores de aplicativos e reforçou o comprometimento da Microsoft com a performance do próximo sistema operacional (SO) da empresa, o Windows 11. Atualmente em beta, o software vai priorizar o desempenho em sua versão final, mesmo com os grandes avanços visuais.

Quando questionado sobre os impactos das mudanças e adições estéticas na velocidade de programas, Kevin Gallo, chefe da Windows Developer Platform, disse: "Desempenho é a nossa principal prioridade com o SO, garantimos que todas essas novas funcionalidades divertidas são muito rápidas e não afetam o Windows 11".

Confira abaixo o vídeo completo em inglês – o assunto começa na marca de 17 minutos.

Material Mica vai ser bem comum 

Como exemplo dessa preocupação, o profissional cita o Mica, uma nova linguagem de design que aproxima os temas dos wallpapers. Quando comparado ao tradicional acrílico, outro material translúcido de menus, a novidade não pega uma amostra do plano de fundo do usuário em todos os quadros e apenas borra a imagem uma única vez.

Efeito do Mica no topo do explorador de arquivosEfeito do Mica no topo do explorador de arquivosFonte:  Windows Latest 

Entusiastas que acompanham as notícias do novo SO, ou que testam as novidades no programa Windows Insider, perceberam que as bordas da janelas dos menus agora estão arredondadas. Gallo informou que a velocidade de renderização foi otimizada, então clientes acostumados com os cantos retos não devem perceber diferenças de velocidades.

Uso do Mica na barra de abas do Microsoft Edge e o acrílico no menu de opçõesUso do Mica na barra de abas do Microsoft Edge e o acrílico no menu de opçõesFonte:  Reprodução/Windows Latest 

Apesar de já existirem benchmarks que comparam o novo sistema com o Windows 10, o impacto dessas mudanças específicas  poderá ser quantificado com mais detalhes depois da popularização dos recursos em aplicativos.

Gallo também afirmou que algumas mudanças serão compatíveis com versões anteriores do SO, então ele recomenda o desenvolvimento de apenas uma versão estética do software para que o serviço possa parecer "moderno" em todos os computadores.