Google Meet recebe novidades para gerenciamento de reuniões

1 min de leitura
Imagem de: Google Meet recebe novidades para gerenciamento de reuniões
Imagem: Google
Avatar do autor

O Google divulgou ontem (11), em seu feed oficial do Workspace, uma série de novos recursos do Google Meet que visam facilitar a forma de controlar e dirigir reuniões no serviço de comunicação. Porém, as ferramentas disponibilizadas são diferentes para usuários comuns e para participantes de uma equipe do serviço Google Workspace.

A grande novidade é que, a partir de agora, qualquer usuário poderá adicionar até 25 coorganizadores em uma reunião, permitindo que eles acessem e utilizem os mesmos controles de host. Isso significa que todos os nomeados podem limitar quem pode compartilhar tela, enviar mensagens de bate-papo e até mesmo silenciar todos os usuários e encerrar a reunião.

Se você for um cliente do Google Workspace, receberá ativadas por padrão no Meet as novas configurações de “Acesso rápido”, para controlar rapidamente quem precisa solicitar permissão para participar de uma reunião. Ao desativar a opção, as reuniões só poderão ser iniciadas quando o organizador entrar.

Quando as novas opções do Google Meet serão liberadas?

Fonte: Google/DivulgaçãoFonte: Google/DivulgaçãoFonte:  Google 

De acordo com o blog do Google, os recursos estavam restritos apenas aos clientes do Google Workspace for Education. Com as atualizações, eles serão estendidos para todos os usuários do Google Meet, tanto no desktop quanto no celular.

A ideia é que a liberação dos recursos facilite a vida do apresentador, permitindo que ele se concentre em sua função principal e possa delegar aos coorganizadores tarefas como silenciar participantes, lançar enquetes e gerenciar o Q&A (perguntas e respostas)

As novas opções do Google Meet estão programadas para liberação e implantação na web e no Android a partir de 16 de agosto, chegando aos usuários de iOS a partir do dia 30.