PC na Nuvem: Microsoft pausa testes grátis devido à alta demanda

1 min de leitura
Imagem de: PC na Nuvem: Microsoft pausa testes grátis devido à alta demanda
Imagem: Microsoft/Divulgação
Avatar do autor

O serviço “PC na Nuvem” do Windows 365 foi lançado nesta semana, mas a Microsoft teve que interromper os testes gratuitos devido à alta demanda. A plataforma atingiu a capacidade máxima de usuários após um dia de inscrições.

“Vimos uma resposta inacreditável, porém precisamos pausar nosso programa de avaliação gratuita enquanto providenciamos capacidade adicional”, explica Scott Manchester, diretor de gerenciamento de softwares do Windows 365.

Com o "PC na Nuvem", o usuário acessa o Windows 365 através do navegador.Com o "PC na Nuvem", o usuário acessa o Windows 365 através do navegador.Fonte:  Microsoft/Divulgação 

Aluguel de computadores na nuvem

Disponível apenas para empresas, a demanda pelo “PC na Nuvem” foi maior que o previsto pela Microsoft. A plataforma, que faz parte do Windows 365, permite alugar computadores na nuvem com diferentes opções de CPU, RAM e armazenamento.

Como um streaming de vídeo, a pessoa usa o navegador de internet para ter acesso a uma máquina virtual com Windows 10 ou Windows 11. A plataforma está disponível para dispositivos com macOS, iOS, iPadOS, Android e Linux.

No Brasil, o serviço oferece planos de assinatura mensais a partir de R$ 200 por usuário para pequenos e médios negócios, enquanto os valores para empresas maiores partem de R$ 177 mensais. Então, a empresa tem à disposição sistemas virtuais com 2 vCPUs, 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.

Para saber mais informações sobre o PC na Nuvem no Brasil, o TecMundo fez um breve guia sobre os valores de assinatura e configurações. Confira!