PC na nuvem: Microsoft revela preços do Windows 365

1 min de leitura
Imagem de: PC na nuvem: Microsoft revela preços do Windows 365
Imagem: Microsoft
Avatar do autor

Nesta segunda-feira (2), a Microsoft disponibilizou o acesso ao seu mais novo serviço, o "PC na Nuvem", parte do Windows 365. Naturalmente, o lançamento também revelou sua faixa de preços, que irá variar conforme a quantidade de núcleos, memória RAM e armazenamento desejados.

Disponível em duas versões, o serviço busca oferecer recursos que atendam um grupo específico de usuários. A primeira opção, Business, é voltada para "Pequenos e Médios Negócios" e oferece suporte para até 300 usuários.

Os planos de assinatura mensais possuem o preço inicial de R$ 200 por usuário para os sistemas virtuais com 2 vCPUs, 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.  A versão mais robusta do plano Business oferece 4 vCPUs, 16 GB de RAM e 128 GB de armazenamento por R$ 399,90 para cada usuário.

Com preços similares, a opção Enterprise é voltada para grandes empresas. Seu principal diferencial é a conexão com o Microsoft Endpoint Manager, que oferece mais segurança contra ameaças, além de oferecer suporte para um número ilimitado de usuários.

Sua faixa de preço para o Brasil começa em R$ 177,10 por usuário/mês e pode chegar até R$ 377,10 por usuário/mês para as configurações mais robustas — idênticas as da versão Business. 

Confira abaixo um resumo dos preços:

Resumo dos preços do PC na Nuvem, do Microsoft 365. (Fonte: Microsoft / Reprodução)Resumo dos preços do PC na Nuvem, do Microsoft 365. (Fonte: Microsoft / Reprodução)Fonte:  Microsoft 

Vale ressaltar que o serviço não se limita ao uso exclusivo de aplicativos da Microsoft. Dessa maneira, os usuários poderão acessar remotamente quaisquer programas que possuem suporte para rodar no Windows 10 ou adiante — sem exigir nenhuma adaptação a mais de seus desenvolvedores.

Para os usuários interessados no serviço, também é importante lembrar os requerimentos exigidos para uma assinatura: no caso da opção Business, basta possuir uma assinatura no Microsoft 365, enquanto na Enterprise será necessário:

  • Com um Endpoint de Windows 10 Pro: possuir o Windows 10 E3 + EMS E3 ou Microsoft 365 F3/E3/E5/BP
  • Sem um Endpoint de Windows 10 Pro: possuir o Windows VDA E3 + EMS E3 ou Microsoft 365 F3/E3/F5/BP
  • Possuir uma assinatura no Microsoft Azure.

Imagem: Microsoft 365 Personal
Imagem: Tecmundo Recomenda

Microsoft 365 Personal

Com o Microsoft 365 Personal você acessa o Word, Excel, PowerPoint, além de salvar e compartilhar arquivos pelo OneDrive, com 1 TB de armazenamento em nuvem, e em até 5 dispositivos ao mesmo tempo.

Fontes