Windows 11 permitirá instalar apps Android de fora da loja oficial

1 min de leitura
Imagem de: Windows 11 permitirá instalar apps Android de fora da loja oficial
Imagem: Microsoft/Divulgação
Avatar do autor

O Windows 11, anunciado nessa quinta-feira (24), estará disponível em breve com uma série de novidades, entre as quais a possibilidade de rodar aplicativos Android no computador. Porém, há uma limitação: os usuários só poderão baixar no PC os softwares disponíveis na Amazon Appstore.

No anúncio oficial, a Microsoft não deixou claro se permitirá o download dos programas fora da loja de apps da Amazon. Mas, em mensagens publicadas no Twitter, o desenvolvedor da gigante de Redmond Miguel de Icaza, que trabalha diretamente no projeto, afirmou que isso será possível.

Ao responder a um seguidor que o questionou sobre a possibilidade de instalar apps fora da loja oficial parceira da dona do Windows na nova geração do sistema operacional, Icaza disse que "Sim!". Ou seja, o engenheiro confirmou a possibilidade de instalação de aplicativos Android no Windows 11 por sideload.

Com a confirmação, os usuários do novo Windows poderão acessar uma maior quantidade de apps Android no computador, já que o número disponível na Appstore da Amazon é bastante inferior ao da Google Play Store. Só não ficou claro é como funcionará o processo, se será tão fácil quanto instalar qualquer programa ou se haverá procedimentos extras.

Apps do Google podem ficar de fora

A capacidade de fazer o sideload (instalar aplicativos fora da fonte oficial), confirmada pelo desenvolvedor, não necessariamente significa que poderemos instalar qualquer app Android no Windows 11. Os aplicativos do Google, por exemplo, podem não ser compatíveis.

Conforme relata o XDA, a instalação de tais programas depende do suporte a algumas APIs da gigante de buscas. Apps como o Google Maps podem não funcionar corretamente, assim como outros que precisam da integração com os serviços do Google.

Vale lembrar ainda que a prática do sideload exige alguns cuidados por parte do usuário. E o motivo são as exigências de segurança normalmente encontradas nas lojas oficiais, que podem não ser seguidas pelas outras fontes.

Windows 11 permitirá instalar apps Android de fora da loja oficial