Apple vai permitir que apps usem mais RAM no iOS 15 e iPadOS 15

1 min de leitura
Imagem de: Apple vai permitir que apps usem mais RAM no iOS 15 e iPadOS 15
Imagem: Apple
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O lançamento da segunda versão beta do iOS 15 e iPadOs 15 ontem (24) pode ter marcado o fim de uma restrição histórica do sistema operacional ao uso de RAM por aplicativos de terceiros. Mesmo em dispositivos com o novo chip M1, que possuem até 16 GB de memória compartilhada, como o iPad Pro, o máximo que os apps conseguem acessar é 5 GB.

A mudança de postura permitirá que desenvolvedores de aplicativos possam solicitar acesso privilegiado para obter mais RAM no iOS e iPadOS. Embora esse recurso já existisse anteriormente, ele se limitava a uma saída de emergência privada, usada apenas por alguns processos internos dos SOs.

Mais RAM, mas não toda

Fonte: Possessed Photography/UnsplashFonte: Possessed Photography/UnsplashFonte:  Possessed Photography/Unsplash 

Na prática, porém, parece improvável que a Apple permita que os desenvolvedores utilizem toda a memória de um dispositivo indiscriminadamente. Embora certos aplicativos profissionais sofisticados pudessem se beneficiar da expansão, sempre haveria a ameaça de lentidão do sistema e à execução de multitarefas.

Embora a maioria dos aplicativos não demande recursos muito elevados de RAM, a documentação que implantou esse direito para desenvolvedores estabelece claramente que o acesso à memória adicional não é garantido. Também não está fixada a quantidade de RAM extra a ser concedida.

Fontes

Apple vai permitir que apps usem mais RAM no iOS 15 e iPadOS 15