Aplicativos externos destruiriam a segurança do iOS, diz Tim Cook

1 min de leitura
Imagem de: Aplicativos externos destruiriam a segurança do iOS, diz Tim Cook
Imagem: Apple
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Nesta quarta-feira (16), o CEO da Apple, Tim Cook, concedeu uma entrevista virtual à conferência VivaTech, considerado o maior evento de tecnologia da Europa. Com foco principal na privacidade de dados e sua importância para a Maçã, a conversa contou com pontuais comparações com o sistema operacional Android e muito mais.

Destaque na entrevista, Cook ponderou sobre um recurso muito solicitado pelos usuários do ecossistema da Maçã: a capacidade de instalar aplicativos por outras fontes além da App Store. Segundo o CEO, o iOS foi projetado para possuir apenas uma loja de aplicativos, onde qualquer software passaria por uma grande análise antes de chegar ao usuário.

Ele prossegue, e acrescenta que este é um dos motivos pelo qual a plataforma Android possui até 47 vezes mais malwares que o iOS, tornando-o mais vulnerável. Entretanto, mesmo após a justificativa, Cook afirma que está "otimista" com os diálogos sobre o tema e reitera que a Apple "sempre estará do lado do usuário".

Tim Cook é conhecido por discutir sobre privacidade de dados em entrevistas. (Fonte: Time Magazine, Brooks Kraft, Apple/Reprodução)Tim Cook é conhecido por discutir sobre privacidade de dados em entrevistas. (Fonte: Time Magazine, Brooks Kraft, Apple/Reprodução)Fonte:  Time Magazine, Brooks Kraft, Apple 

O CEO também reforçou o posicionamento da Apple acerca da privacidade do usuário: "Vemos isso como um direito humano básico. Um direito humano fundamental. E estamos focados na privacidade há décadas", afirma. "Steve costumava dizer que privacidade era declarar em linguagem simples o que as pessoas estavam assinando e oferecendo sua permissão. E essa permissão deve ser solicitada repetidamente", diz.

Segundo ele, a privacidade de dados está diretamente ligada à liberdade do usuário: "Se todos estão preocupados que alguém os esteja observando, eles começam a fazer menos, pensar menos. E ninguém quer viver em um mundo onde a liberdade de expressão se estreita", conclui.

Aplicativos externos destruiriam a segurança do iOS, diz Tim Cook