Fabricantes chinesas anunciam três anos de atualizações do Android

1 min de leitura
Imagem de: Fabricantes chinesas anunciam três anos de atualizações do Android
Imagem: Oppo/Reprodução
Avatar do autor

As marcas chinesas Vivo e Oppo anunciaram, nesta semana, que oferecerão três anos de atualização do sistema operacional Android para alguns de seus celulares. No caso da primeira, os contemplados serão os futuros modelos topo de linha, enquanto a segunda fornecerá o benefício para a linha Find X3.

O anúncio é de certa forma surpreendente, já que virou norma no mercado oferecer somente atualizações do Android por dois anos. Por causa disso, as companhias se juntaram ao Google, que tem feito um trabalho importante de pós-venda na linha Pixel.

Maior tempo de vida útil em celulares

A nova política da Vivo será válida para smartphones lançados a partir de julho de 2021 na Europa, Austrália e Índia, mercados onde a marca é bastante forte.

"Estamos fazendo uma promessa aos nossos clientes de que eles poderão desfrutar de uma experiência premium de smartphone por um longo período e continuar se beneficiando dos recursos de software mais recentes", afirmou Yujian Shi, diretor de Tecnologia e vice-presidente sênior da Vivo.

Vivo

No caso da Oppo, os aparelhos Find X3, X3 Neo e X3 Lite 3 terão até três anos de atualizações de segurança do Android, além de 2 anos de atualizações de sistema operacional.

Marcas populares no Brasil

Entre as marcas de celulares populares no Brasil, a Samsung é uma das que mais se notabiliza pelo longo serviço de apoio no pós-venda. No ano passado, a sul-coreana divulgou que a linha Galaxy (S, M e Z) terá três anos de atualizações do Android.

Em relação aos updates de segurança, os celulares Samsung Galaxy lançados a partir de 2019 têm nada menos do que quatro anos garantidos.

A Apple é outra empresa que se notabiliza por garantir que os seus aparelhos permaneçam com softwares atuais por bastante tempo. O iOS 14.5.1, versão mais atual do sistema operacional, está disponível para o iPhone 6s, que foi lançado há seis anos.

iPhone

A situação é diferente no caso da Motorola, por exemplo. Os celulares que compõem a série mais recente da linha Moto G terão apenas uma atualização do Android, sendo que o Moto G10 não receberá nenhuma atualização do SO, somente de segurança.

Fabricantes chinesas anunciam três anos de atualizações do Android