Google Meet: reuniões ilimitadas vão até março de 2021

1 min de leitura
Imagem de: Google Meet: reuniões ilimitadas vão até março de 2021
Imagem: Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Tendo atingido um pico mais de 600 milhões de participantes em uma única semana no segundo trimestre do ano e registrado cerca de 3 milhões de novos usuários em abril, o Google Meet, solução de videoconferência da Gigante das Buscas, se tornou uma ferramenta presente no dia a dia de muita gente – e, agora, a companhia decidiu ampliar o prazo de reuniões sem limite de tempo (inclusive para a versão gratuita) até 31 de março de 2021 – inicialmente previsto para ser encerrado amanhã.

Segundo a empresa, o foco é continuar ajudando todos a se manterem conectados, principalmente neste período de distanciamento social por conta da covid-19. "Não importa que tipo de reunião você está tendo, acreditamos que as pessoas devem ser capazes de usar os melhores serviços possíveis para se conectar, a qualquer hora e em qualquer lugar", afirma Javier Soltero, vice-presidente e diretor geral do G Suite.

Prazo acabaria amanhã, mas empresa decidiu estendê-lo.Prazo acabaria amanhã, mas empresa decidiu estendê-lo.Fonte:  Reprodução 

Novas funcionalidades

Qualquer um que possua uma conta pessoal do Gmail pode contar com o recurso – disponibilizado em abril para todos os usuários e permitindo até 100 participantes simultaneamente na versão gratuita.

Além disso, nas últimas semanas, foram disponibilizadas novidades para melhorar a experiência de uso, como transmissão das videochamadas pela TV usando o Chromecast; opção de fundo desfocado; uso do quadro branco para apresentações colaborativas; e aumento do número máximo de participantes visíveis no modo mosaico (até 49).

"Esperamos que essas atualizações ajudem nossos usuários a fazer mais, independentemente de onde estiverem", finaliza Soltero.

Google Meet: reuniões ilimitadas vão até março de 2021