Android terá 'atualizações contínuas' ao estilo Chrome; entenda

1 min de leitura
Imagem de: Android terá 'atualizações contínuas' ao estilo Chrome; entenda
Imagem: https://pixabay.com/pt/vectors/android-sistema-operacional-2995824/
Avatar do autor

A Google anunciou que as atualizações contínuas do Android agora são obrigatórias em todos os dispositivos que saíram de fábrica com o Android 11 ou versões posteriores. O recurso parece ser mais um dos esforços para minimizar o problema de segmentação do sistema operacional móvel da companhia.

Como funcionam as atualizações contínuas

As atualizações contínuas foram herdadas do Chrome e já fazem parte do Android desde a versão 7. Porém, como elas não eram obrigatórias, a Samsung nunca as adotou em seus aparelhos.

Essas atualizações são correções do sistema, e seu funcionamento é bem simples: quando um update é liberado pela Google, ele é baixado no dispositivo e descompactado imediatamente, em um espaço exclusivamente criado e reservado para essa função. Ao reiniciar o aparelho, o patch é aplicado e o aparelho é atualizado. Nesse processo, o diretório criado é marcado como uma partição do sistema e será usado a partir do próximo boot.

Fonte: Pixabay/ReproduçãoFonte: Pixabay/ReproduçãoFonte:  Pixabay 

Caso algo dê errado durante a atualização, o antigo diretório da partição de sistema – que tinha sido marcado “inativo” – volta a ser utilizado novamente, dando a oportunidade de o sistema se recuperar de uma atualização mal-sucedida. Sendo assim, o usuário pode tentar atualizar o aparelho novamente.

Preocupação com espaço de armazenamento

Quando o recurso foi lançado, as fabricantes temiam que ele consumisse muito espaço no armazenamento interno dos dispositivos, comprometendo o funcionamento dos aparelhos, já que cada nova atualização requer um novo espaço para a descompactação do pacote.

No entanto, a Google comprovou que o recurso toma apenas 320 MB no armazenamento do Pixel. Ainda assim, o recurso remove ou reduz outras partições durante o processo, fazendo com que o espaço real gasto seja inferior a esses 320 MB.

Do Android 11 em diante

Devemos ressaltar que as atualizações contínuas são obrigatórias apenas nos aparelhos que já saíram de fábrica com o Android 11, e não afetam os que receberam essa versão do SO como atualização.

Android terá 'atualizações contínuas' ao estilo Chrome; entenda