“Hackintosh”: empresa desafia a Apple e vende PC com macOS

1 min de leitura
Imagem de: “Hackintosh”: empresa desafia a Apple e vende PC com macOS
Imagem: https://www.oficinadanet.com.br/apple/27974-o-que-ha-de-novo-no-macos-catalina-liberado-hoje-para-download
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A “empresa” OpenCore Computer colocou à venda um computador que vem com o macOS Catalina pré-instalado, contrariando o contrato de licença do usuário final da Apple. A versão comercial do “Hackintosh” recebeu o nome de “Velociraptor”, usa um processador AMD de 16 núcleos, 64 GB de RAM, placa de vídeo AMD Radeon VII, e pode ser configurado com SSD NVMe de até 2 TB e um HD de até 4 TB, pelo preço inicial de US$ 2.199.

Hackintosh é o nome que se dá a computadores que são montados com hardware compatível com o sistema operacional macOS, o que possibilita que a máquina funcione como se fosse um computador Mac. A prática é feita por usuários finais, que vão usar o equipamento com o “hack”. Para isso, é necessário a utilização do OpenCore Bootloader, um software gratuito e de código livre.

A OpenCore Computer, além de criar hackintoshes para serem comercializados, ainda se apropriou do nome do software “OpenCore”, cuja equipe de desenvolvedores já se pronunciou, dizendo que o uso do nome é criminoso e ilegal.

Fonte: OpenCore Computer/DivulgaçãoFonte: OpenCore Computer/DivulgaçãoFonte:  OpenCore Computer 

Em seu site, a OpenCore Computer diz que o Velociraptor é uma alternativa mais acessível às estações de trabalho Mac Pro. Para dificultar o trabalho da Apple, a empresa colocou a máquina à venda somente pela internet, e só aceita Bitcoin como forma de pagamento. Eles também tiveram o cuidado de oferecer um sistema de pagamento que evita que os clientes se tornem vítimas de fraudes.

A história da Psystar

Não é a primeira que uma empresa tenta passar por cima das leis americanas para comercializar Hackintoshes. Em 2008, a já extinta Psystar colocou à venda seus “Open Computers”, que vinham com o macOS X Leopard pré-instalado.

Obviamente, a Apple entrou na justiça contra a Psystar e conseguiu que a empresa parasse de comercializar PCs com seu sistema.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
“Hackintosh”: empresa desafia a Apple e vende PC com macOS