Microsoft Teams será liberado gratuitamente devido ao coronavírus

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft Teams será liberado gratuitamente devido ao coronavírus
Avatar do autor

A epidemia de coronavírus (Covid-19) fez com que muitas empresas permitissem que seus colaboradores trabalhassem remotamente. Para facilitar a comunicação entre eles, a Microsoft vai disponibilizar alguns recursos da ferramenta Teams para todos os usuários.

A partir de 10 de março, os clientes vão poder utilizar gratuitamente certas funcionalidades que fazem parte do plano pago da plataforma corporativa. Em destaque estão as reuniões agendadas para videoconferências, que poderão ser gravadas. Além disso, não haverá restrição quanto ao número de pessoas que fazem parte de uma equipe, algo que vai facilitar a comunicação e o fluxo de trabalho de companhias com muitos colaboradores atuando remotamente.

Recursos do Teams podem ser acessados no computador e em dispositivos móveis. (Fonte: Microsoft/Divulgação)

O anúncio foi realizado por Jean-Philippe Courtois, vice-presidente-executivo da Microsoft, em uma publicação no site da empresa. Ele destacou que os recursos vão permanecer disponíveis gratuitamente por 6 meses. "Nossa principal preocupação é o bem-estar dos nossos funcionários e o suporte aos nossos clientes para lidar com o impacto nos negócios durante esse período desafiador", revelou. "Para muitas pessoas e organizações, a videoconferência e outras funcionalidades do Teams estão desempenhando um papel importante".

O executivo completou explicando que, ao disponibilizar os recursos gratuitamente, a companhia apoia a saúde e a segurança pública, assim como ajuda a otimizar o trabalho remoto de milhares de pessoas.

Ferramenta corporativa permite a comunicação entre todos os colaboradores de uma empresa. (Fonte: ATNet Plus/Reprodução)

Seguindo o exemplo da Google

A atitude da Microsoft é bastante similar à recente ação da Google. A companhia de tecnologia permitiu que todos os usuários do G Suite utilizem as ferramentas avançadas do Hangouts Meet, incluindo videochamadas com mais de 250 pessoas.

Ademais, agora as videoconferências e as transmissões ao vivo para mais de 100 mil espectadores podem ser arquivadas no Google Drive. Anteriormente, esses recursos eram exclusivos para clientes das versões pagas de Google Enterprise e Enterprise for Education.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Microsoft Teams será liberado gratuitamente devido ao coronavírus