Com o passar do tempo e o evoluir da tecnologia, ficamos mais e mais ligados aos computadores. Junto disso, nos vemos obrigados a proteger as informações presentes neles, usando senhas para dificultar que outros possam roubar nossos dados preciosos.

Mas como se faz para criar uma dessas senhas quase impossíveis de serem quebradas e quais as vantagens de usar algo tão complexo? Confira este passo a passo do Tecmundo para resolver todas as dúvidas sobre o assunto.

Como fazer

Antes de tudo, você precisa entrar no site Wolfram Alpha (clique aqui para acessá-lo). Agora, no campo de pesquisa, digite “password of x characters”, substituindo o “x” do texto pelo número de caracteres que você deseja utilizar em sua senha. Depois, é só ativar a busca do site e aguardar alguns momentos para que o código seja gerado, mas é importante lembrar que caso o número de caracteres seja muito grande, a espera pode ser bem maior.

Casos especiais

Em certas situações, como ao criar uma conta para um site ou para aquele MMO que você sempre quis jogar, o sistema de segurança do serviço pode proibir o uso de certos tipos de caracteres em suas senhas, como letras upper (maiúsculas), acentos e pontuações.

Para contornar esse problema, é possível controlar que tipos de caracteres o Wolfram Alpha vai utilizar clicando em “specific password rules”. No novo quadro que é exibido, você pode controlar as seguintes opções:

  • lower-case letters: letras minúsculas;
  • upper-case letters: letras maiúsculas;
  • numbers: números;
  • special characters: símbolos especiais, como acentos e pontuações;
  • similar characters: permite que o serviço utilize caracteres repetidos ao gerar suas senhas.

Ao tentar alterar os campos para habilitá-los ou desativá-los, você vai notar que também é possível escolher a opção “required”, que obriga o Wolfram Alpha a gerar um código usando ao menos um daqueles caracteres em especial.

Facilitando seu trabalho

Para ajudar você a guardar os números e letras, o serviço também disponibiliza uma lista de palavras onde a primeira letra de cada termo representa um dos caracteres da senha, acessível pelo campo “Phonetic form”. Se ela continuar difícil de lembrar, basta clicar no botão “New Password” para que um novo código seja gerado.

Você também pode checar qual o nível de segurança do código através do quadro “Properties of password type”. Nele, é possível ver o número de senhas semelhantes que podem ser geradas, o tempo que seria necessário gastar para que ela fosse descoberta (se feito a uma velocidade de 100 mil tentativas por segundo) e o quão “forte” ela é, respectivamente. Se você ficou em dúvida quanto ao último item, é simples: quanto maior o número, melhor.

Mas para que tanto trabalho?

Muitos que estão lendo esse passo a passo devem estar pensando exatamente isso. E não é à toa, pois certas senhas podem parecer extremamente difíceis de serem descobertas. Mas mesmo assim, é necessário lembrar que existem programas criados para quebrá-las, conseguindo inserir centenas de milhares de códigos em um piscar de olhos. E, em certos casos, sua senha pode não ser tão boa quanto imagina, como você pode ver clicando aqui.

Por isso, o melhor é criar as chamadas “senhas fortes”, que possuem vários tipos de caracteres e contam com um bom tamanho. Se você duvida que algo assim possa fazer tanta diferença, clique aqui para ter uma ideia de quão mais seguro seu código pode ficar com uma única letra a mais.

Mesmo assim, não é preciso exagerar: senhas com 12 caracteres podem levar mais de um milhão de anos para serem descobertas, o que já é muito mais do que você provavelmente vai precisar para se proteger pela vida toda. Se quiser garantir, o melhor é fazer códigos com até 16 caracteres, pois não há necessidade de mais do que isso.

.....

Agora você tem uma senha perfeita para proteger suas informações pelos próximos séculos, se viver o bastante para isso. Diga o que achou desse passo a passo nos comentários e, no caso de querer saber mais sobre o assunto, clique aqui para ser levado para uma página do Tecmundo.

Cupons de desconto TecMundo: