Lenovo não vai habilitar chip Microsoft Pluton em novos ThinkPads

1 min de leitura
Imagem de: Lenovo não vai habilitar chip Microsoft Pluton em novos ThinkPads
Imagem: Unsplash

Durante a Consumer Eletronics Show (CES) 2022, a Lenovo anunciou algumas novidades da linha ThinkPad Z, incluindo os dispositivos ThinkPad Z13 e Z16k. Nesta última segunda-feira (24), a companhia revelou mais um detalhe sobre os produtos: o chip de segurança Microsoft Pluton não estará ativado por padrão nos notebooks.

O diretor de parceiros corporativos e segurança de sistemas operacionais da Microsoft, David Weston, revelou que o processador traz diferentes possibilidades de proteção para os dispositivos. Nos produtos da Lenovo, por exemplo, o chip protegerá as credenciais biométricas cadastradas pelo Windows Hello.

Pluton desativado, mas presente

Em um comunicado enviado ao site The Register, a Lenovo confirmou que os dispositivos ThinkPad lançados em 2022 não estarão com o Pluton habilitado de fábrica. Contudo, os clientes poderão ativar os recursos de segurança a qualquer momento.

“O Pluton será desativado por padrão nas plataformas Lenovo ThinkPad 2022. Especificamente o Z13, Z16, T14, T16, T14s, P16s e X13 usando processadores AMD série 6000. Os clientes terão a capacidade de habilitar o Pluton por conta própria”, foi revelado em comunicado. Ou seja, fica a critério do usuário ligar a ferramenta ou deixá-la desabilitada.

ThinkPad L13ThinkPad L13Fonte:  Lenovo 

A solução da Microsoft promete aumentar a segurança de uso no Windows 11. “Pela primeira vez em um laptop empresarial, o processador de segurança Microsoft Pluton integrado aos processadores AMD Ryzen PRO 6000 Series no ThinkPad Z13 e Z16 com Windows 11 ajudará a proteger a identidade, os dados e os aplicativos do usuário do chip à nuvem", ressaltou o executivo.

Segundo Weston, o uso do chip de segurança vai ajudar usuários a terem mais tranquilidade durante o trabalho, já que trará proteção extra como "ataques sofisticados de hoje e de amanhã.”

Fontes