Empresa de alimentos dos EUA é a mais nova vítima de ransomware

1 min de leitura
Imagem de: Empresa de alimentos dos EUA é a mais nova vítima de ransomware
Imagem: Edward Don/Reprodução
Avatar do autor

A Edward Don, uma empresa centenária de fornecimento de alimentos nos Estados Unidos, teve os serviços prejudicados por um ataque ransomware de larga escala.

Segundo o site Bleeping Computer, a invasão ocorreu no início desta semana e paralisou totalmente as operações de logística e pedidos, como de sistemas telefônicos, rede e e-mail, que é especialmente utilizado na comunicação com clientes e para pedidos urgentes.

É possível que o estoque de ingredientes e pratos em cadeias de estabelecimentos como hoteis e restaurantes em alguns pontos dos EUA sejam prejudicados, caso o cibercrime deixe os sistemas inutilizados por mais tempo.

O que aconteceu?

A Edward Don ainda não forneceu detalhes sobre o ataque, mas a reportagem original suspeita que o trojan Qbot seja o responsável pelo cibercrime. Ele é tradicional na aplicação de ransomwares e o grupo REvil, que foi o responsável por uma invasão contra a Apple, já teria utilizado esse recurso.

Setor em alerta

Vale lembrar que outra empresa de alimentos, a brasileira JBS, virou vítima de ransomware recentemente e chegou a pagar o resgate em um valor que chega a R$ 55 milhões.

Empresa de alimentos dos EUA é a mais nova vítima de ransomware