Ladrão usa iPhone para rastrear vítima antes de roubá-la

1 min de leitura
Imagem de: Ladrão usa iPhone para rastrear vítima antes de roubá-la
Imagem: Apple/Divulgação
Avatar do autor

Um suspeito de assassinato usou um iPhone como rastreador para localizar o homem que pretendia roubar, após vê-lo fazendo compras em lojas de grife de um shopping em Orlando (EUA). O caso ocorreu em fevereiro, mas só foi desvendado no início de maio.

De acordo com o The Washington Post, o suspeito Derrick Maurice Herlong viu a vítima carregando sacolas da Louis Vuitton e da Gucci e decidiu que ela seria um bom alvo. Junto com um comparsa, ele o seguiu até o estacionamento e fixou um iPhone no carro do consumidor.

Em seguida, Herlong acionou o app Buscar para rastrear o celular da Apple e foi ao local indicado pela ferramenta. Chegando lá, os dois homens mascarados invadiram o apartamento onde o dono do automóvel estava, junto com outras pessoas, assaltando-as e atirando.

O smartphone também ajudou a localizar o criminoso.O smartphone também ajudou a localizar o criminoso.Fonte:  Unsplash 

Uma das balas atingiu Jacariz Rozier, que não era o comprador no shopping. Ele morreu no local, enquanto os assaltantes fugiram no carro rastreado, levando as compras do proprietário e outros objetos roubados durante a invasão ao imóvel.

Rastreando o suspeito

Momentos após o crime, a dupla abandonou o carro, mas se esqueceu de um detalhe importante: eles não retiraram o celular usado como rastreador. O aparelho foi encontrado pelos policiais em uma bolsa com imãs presa no chassi do veículo.

A polícia conseguiu desbloquear o iPhone, que havia sido registrado com os dados de outra vítima de assalto, e descobriu o telefone do suspeito na agenda de contatos. Ele foi preso em sua casa, em Orlando, onde estavam os itens roubados e a arma usada no tiroteio.

O suspeito se declarou inocente de todas as acusações (assassinato, invasão de casa, roubo de carro e outras), apesar de estar com os materiais e a arma. No julgamento, marcado para outubro, Herlong pode pegar 25 anos de prisão caso seja condenado pelo assassinato.

Ladrão usa iPhone para rastrear vítima antes de roubá-la