Facebook não quer notificar usuários sobre vazamento de dados

1 min de leitura
Imagem de: Facebook não quer notificar usuários sobre vazamento de dados
Imagem: Unsplash/Reprodução
Avatar do autor

O Facebook não pretende notificar os usuários acerca do último vazamento de dados na plataforma, que afetou 553 milhões de perfis, cujas informações foram recentemente publicadas em um fórum de hackers. A novidade foi revelada por um porta-voz da empresa na quarta-feira (07).

Em uma matéria anterior, explicamos que esses dados já foram a público em 2019. Portanto, não se trata essencialmente de um vazamento novo. Na ocasião, o Facebook realizou um acordo com a FTC (Federal Trade Commission), concordando em informar vazamentos futuros, que envolvessem 500 ou mais usuário, no prazo de 30 dias.

Notificação 'desnecessária'

Entre os dados que foram, mais uma vez, a público, estão números de telefone, nomes completos, localização, data de nascimento e e-mail. Apesar disso, o porta-voz do Facebook afirmou que a empresa não tinha certeza de que era necessário notificar os usuários acerca do ocorrido, uma vez que as mesmas informações já haviam vazado anteriormente.

a  Pexels/Reprodução 

Outro motivo citado pelo porta-voz para a não-notificação é, segundo o Facebook, a impossibilidade dos usuários de solucionarem o problema. Logo, se não poderiam reter seus dados, não havia porquê informá-los.

Agências acionam o Facebook

Conforme a empresa, não foram divulgadas senhas de acesso, informações bancárias ou de saúde. Ainda assim, o vazamento pode dar lugar a futuras invasões e fraudes. 

A DPC (Data Protection Commissioner), principal agência reguladora europeia, comunicou nesta terça-feira (06) que entrou em contato com a rede social para mais esclarecimentos, destacando que não recebeu nenhuma "comunicação proativa do Facebook".

Fontes

Facebook não quer notificar usuários sobre vazamento de dados