'Hacker do bem' consegue sequestrar câmera de iPhone

1 min de leitura
Imagem de: 'Hacker do bem' consegue sequestrar câmera de iPhone
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

Um hacker bem-intencionado descobriu uma falha que permitia acesso indevido às câmeras de produtos da Apple. A manobra funcionava com iPhones e Macs. Foram encontradas sete vulnerabilidades no total, já corrigidas pela fabricante.

Em dezembro, Ryan Pickren iniciou uma caça à bugs no sistema operacional da companhia, procurando brechas e tentando violá-las para descobrir o que acontecia. Os testes foram bem-sucedidos: bastou encontrar uma exceção às solicitações de permissão de aplicativos para ter acesso à câmera ou microfone dos equipamentos.

(Fonte: Pixabay)  Pixabay 

Cada acesso deve ser concedido manualmente pelo usuário – exceto no caso de aplicativos próprios da Apple, incluindo o Safari, um prato cheio para criminosos. Por ter descoberto essa brecha que poderia causar dor de cabeça em muita gente, Ryan, após reportar o problema, recebeu US$ 75 mil dólares de agradecimento.

Jogada de mestre

Considerando que os padrões de segurança dos sistemas operacionais de iPhones e Macs exigem que permissões de acesso ao microfone ou câmera sejam solicitadas com um alerta, Pickren decidiu se aprofundar no Apple Safari para iOS e macOS.

Determinado a fuçar até nos cantos mais obscuros dos programas para descobrir algo estranho, o hacker se concentrou no modelo de segurança da câmera, considerado "bastante intenso" por ele.

Depois de encontrar sete vulnerabilidades ligadas ao Mobile Safari, tentou combinações variadas para invadir o sistema. Quando juntou três dessas falhas, conseguiu o que queria.

(Fonte: Pixabay)  Pixabay 

O Grande Irmão

Especialistas de segurança se declararam surpresos pelo fato de que tais abordagens não sejam tão exploradas por criminosos. Afinal, ter acesso não autorizado a câmeras e microfones de smartphones poderia render muito.

Sean Wright, pesquisador da área, afirma: “Enquanto muitos ficam atentos a câmeras de PCs e notebooks, poucos prestam atenção nos celulares. As pessoas têm muito mais probabilidade de carregar seus smartphones com elas na maior parte do tempo, especialmente quando discutem assuntos delicados”.

Quando você achar que seu celular pode estar te espionando, não podemos dizer com certeza que isso é coisa da sua cabeça.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
'Hacker do bem' consegue sequestrar câmera de iPhone