Governo do Brasil pediu dados de milhares de iPhones para a Apple

1 min de leitura
Imagem de: Governo do Brasil pediu dados de milhares de iPhones para a Apple
Avatar do autor

O governo brasileiro, entre julho e dezembro de 2018, fez 491 requisições de acesso à dados de 5.675 iPhones para a Apple, segundo informações do Relatório de Transparência notados pela MacMagazine. Os motivos dos pedidos são variados, normalmente, envolvem investigações policiais sobre aparelhos utilizados em fraudes e esquemas financeiros.

Entre todas as 491 requisições feitas pelo governo brasileiro, a Apple atendeu 367 pedidos, cerca de 75%. No caso, eram investigações sob suspeitas de fraudes; entre os pedidos, quatro eram sobre identificadores financeiros e três em caráter de emergência.

A fraude financeira é o principal alvo dos pedidos

“Publicamos um Relatório de Transparência duas vezes ao ano, divulgando o número de solicitações governamentais de dados de clientes que a Apple recebe globalmente”, diz a Apple. “Entidades governamentais e privadas devem seguir as leis e estatutos aplicáveis ao solicitar informações e dados do cliente da Apple”.

O Relatório da Transparência pode ser acessado por qualquer usuário e traz dados completos de pedidos realizados por diversos países. Em breve, a Apple pretende entregar mais detalhes também sobre pedidos de remoção de aplicativos na App Store.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Governo do Brasil pediu dados de milhares de iPhones para a Apple