[Atualização 11/10 às 17:09]

Em nota, a NVIDIA informou que suas placas de vídeo são imunes ao Spectre. O patch de atualização liberada tem como objetivo apenas solucionar problemas de instabilidade e minimizar os problemas da CPU durante o uso. Confira a nota:

"Acreditamos que o nosso hardware GPU é imune ao problema de segurança relatado. Quanto ao nosso software de driver, estamos fornecendo atualizações para ajudar a minimizar o problema de segurança da CPU. Atualizamos nosso boletim de segurança para evitar qualquer confusão na interpretação. Mais informações, leia o boletim com todas as informações"

[Matéria original 10/01/2017]

Após as vulnerabilidades chamadas Spectre e Meltdown terem botado medo entre usuários de computadores com processador Intel e do patch da Microsoft que para solucionar esses problemas, mas que causava falhas em PCs com chips AMD, chegou a vez de placas de vídeo da NVIDIA serem afetadas.

Quanto às correções para GPUs, ainda não se sabe quais podem ser as consequências, se é que vão existir

Apesar do Meltdown não ter atingido as linhas de GPUs da NVIDIA, os produtos das linhas GeForce, Quadro, NVS, Tesla e GRID são vulneráveis à variante 1 do Spectre e possivelmente pela variante 2 também. Para corrigir a falha, a NVIDIA disponibilizou atualizações para amenizar os efeitos do primeiro caso e, em breve, para evitar problemas do segundo. Apenas os chips Tesla e GRID ainda não ganharam suas correções, que devem aparecer só no fim de janeiro.

Quanto às correções para GPUs, ainda não se sabe quais podem ser as consequências, se é que vão existir. Apenas após as atualizações vamos saber se a performance das placas vai acabar sendo afetada. O efeito dessas duas vulnerabilidades é tão amplo que você certamente vai precisar fazer algum tipo de atualização para se proteger contra potenciais roubos de informações sensíveis, seja para sua CPU ou placa de vídeo.

Clique neste link para saber como se proteger das falhas.

Cupons de desconto TecMundo: