Uma célula da Anonymous invadiu a base de dados de radares em Correggio, na Itália, durante a última semana. Dentro do sistema, os ciberativistas apagaram todos os arquivos com fotos de placas e multas de alta velocidade. Além dessa ação, a Anonymous também vazou diversos emails e documentos internos.

Administradores da polícia e políticos locais discutiam sobre o uso dos lucros das multas

De acordo com a Gazzetta di Reggio, a célula invadiu um computador na prefeitura de Pianura Reggiana, região de Correggio. Para provar que o ataque e a invasão tiveram sucesso, os hackers enviaram para a imprensa várias screenshots mostrando o sistema interno, com mais de 40 GB de fotografias de placas de carros, além de imagens mostrando as fotografias indo para a lixeira.

O engraçado dessa história é que a Anonymous usou o próprio email da polícia municipal italiana para enviar as imagens para a imprensa com apenas o seguinte texto: "Ho Ho Ho, Feliz Natal".

  • Não há informações sobre como a Anonymous realizou a invasão, contudo, a maior suspeita é o phishing como porta de entrada

Documentos e emails internos

A ação de apagar multas é um ato completamente político, em linha com o cerne de pensamento anárquico das células Anonymous. Isso porque, obviamente, multas são uma ferramenta estatal — como os documentos e emails internos divulgados.

Um dos pontos "polêmicos" encontrados nos emails estava uma discussão entre administradores da polícia e políticos locais sobre como os lucros das multas aplicadas em motoristas seria distribuído. Mais detalhes sobre isso não foram revelados.

Abaixo, você acompanha as duas imagens enviadas pela Anonymous:

"Ho Ho Ho Feliz Natal"

screen(Imagem da fonte em baixa qualidade)

Multas sendo apagadas

screen(Imagem da fonte em baixa qualidade)

Cupons de desconto TecMundo: