Quando vemos algum famoso tendo as redes sociais ou logins sigilosos vazados, é comum pensarmos: "Não é a primeira vez que isso acontece e até agora eles não aprenderam". Pois é... Isso não é algo raro e nem será algo do passado tão cedo, pois ainda devemos ver vários casos desse tipo nos próximos anos. Mas se com celebridades isso já é complicado, imagine com políticos.

Pois infelizmente, isso também não é raro. Nesta semana, pudemos ver um vazamento de senhas de redes sociais do governo brasileiro, e isso mostra que os órgãos responsáveis ainda não aprenderam a lidar com segurança do modo como os gerentes de TI gostariam que eles lidassem. E se você acha que essa falta de atenção é uma exclusividade do Brasil, está muito enganado.

Na Holanda, um grupo de jornalistas do canal RTL Nieuws decidiu mostrar ao público como os políticos locais são despreocupados com segurança digital. Para isso, foram atrás de dados vazados em fóruns hacker, quebraram chaves de encriptação e invadiram o Twitter de dois políticos locais — postando mensagens dos perfis deles para comprovar o feito.

Os jornalistas até mesmo postaram mensagens nos perfis dos políticos

Nos perfis — como visto no print abaixo, do líder parlamentar Kees Van Der Staaij —, eles publicaram: "Esta conta foi vazada e está vulnerável a hackers. Assinado @danielverlaan e @siebesiestma do @rtlnieuws". O canal em que eles trabalham ainda afirmou que os dois conseguiram acesso a contas de redes sociais de outros políticos. Tudo para mostrar as falhas de segurança, de acordo com os jornalistas.

Como o site The Next Web relembra, esse tipo de invasão é ilegal na Holanda. Mesmo assim, há a informação de que a RTL vai se defender dizendo que as invasões foram feitas pelo jornalismo e como instrução para os políticos, sendo que nenhum dano foi causado no ato.

Você concorda com esse tipo de ação?

Cupons de desconto TecMundo: