(Fonte da imagem: Thinkstock)

Nas últimas decisões da guerra de patentes e processos envolvendo Apple e Samsung, a companhia sul-coreana foi condenada a pagar uma multa de US$ 600 milhões à Maçã. Até aí, tudo resolvido: o problema é que os norte-americanos querem um adicional de US$ 380 milhões por conta de lucros perdidos por conta do uso indevido de propriedade intelectual.

O advogado da Apple diz ter um documento que prova que a empresa perdeu dinheiro porque a rival infringiu patentes de design e funcionamento do iPhone. Mas a Samsung discorda, diz que a rival está pedindo mais dinheiro do que ela merece: o justo seriam US$ 52,7 milhões, tirados de lucros obtidos pelos sul-coreanos.

As acusações são mais baseadas em especulações do que em fatos: a Samsung diz que o consumidor comprou seus produtos não por causa das características tiradas das patentes da Apple, mas por conta de itens como bateria removível, tela maior e serviço 4G, entre outros. A Maçã alega o contrário, claro.

Um júri de oito pessoas que ainda não participaram do caso deve decidir, depois de novas audiências, se uma nova multa deve ser aplicada e qual dos valores será respeitado. A decisão pode ocorrer em 8 de janeiro, quando ambas as partes apresentarem propostas de acordo – mas, se você acompanha as guerras de patentes entre Apple e Samsung, já sabe que isso ainda deve ir longe.

Cupons de desconto TecMundo: