(Fonte da imagem: Reprodução/Samsung)

Ele estreou no Galaxy S3 e já começou a se espalhar para outros dispositivos da Samsung, mas isso não é o bastante: em breve, o serviço de streaming de músicas na nuvem Music Hub deve ser disponibilizado para tablets, smartphones, TVs e outros aparelhos de qualquer fabricante.

Segundo o vice-presidente sênior da empresa, T.J. Kang, aparelhos de todas as marcas, incluindo concorrentes diretas, poderão assinar o Music Hub em um futuro próximo, sem definir uma data de lançamento.

A ideia é que o serviço, lançado em julho do ano passado, seja um dos concorrentes de produtos parecidos, como o Google Play, o Spotify e até o iTunes. Ele é uma transformação do mSpot, comprado anteriormente pela companhia.

Inicialmente, entretanto, é preciso fazer a expansão interna: por enquanto, apenas o Galaxy S3 e o Galaxy Note 2 contam com o serviço – e apenas seis países podem acessá-lo, sendo que o Brasil não está entre eles. A dificuldade está na negociação regional com as gravadoras, o que faz com que a biblioteca de músicas seja diferente em cada localidade.

Cupons de desconto TecMundo: