Bateria tem sido um assunto recorrente quando falamos de Samsung (basta lembrar do que aconteceu com o Galaxy Note 7 para saber do que estamos falando). É sabido que a empresa trabalha em um novo aparelho da linha Galaxy, mas aparentemente está tomando mais cuidado com esse componente.

De acordo com informações divulgadas pelo site HankYung, atualmente a empresa sul-coreana está produzindo 80% dos componentes da bateria dentro de sua própria sede, sendo que os outros 20% seriam de responsabilidade da Murata Manufacturing no Japão. Esta entra no lugar da Amperex Technology, companhia chinesa que foi uma das responsáveis pelo componente problemático do Galaxy Note 7.

A empresa sul-coreana está produzindo 80% dos componentes da bateria dentro de sua própria sede, sendo que os outros 20% seriam de responsabilidade da Murata Manufacturing no Japão

Para aqueles que estão empolgados para ver o novo aparelho da Samsung nas lojas, circula na rede (graças ao perfil evleaks no Twitter) que ele chegará trazendo uma bateria de 3.000 mAh para o modelo convencional e de 3.500 mAh para a variação Plus. Entretanto, a mídia coreana ressalta que tais valores são, na verdade, de 3.250 mAh e 3.750 mAh para o Galaxy S8 e para o Galaxy S8 Plus, respectivamente.

Vale lembrar, o anúncio do Galaxy S8 e do Galaxy S8 Plus vai acontecer em março, mas há relatos de que ele deve dar as caras em um vídeo já na Mobile World Congress 2017, que começa no dia 27 de fevereiro.

Cupons de desconto TecMundo: