Amigos, parece que a Samsung acertou em cheio com o Galaxy S7. Os números, de acordo com os últimos relatos, estão bem impressionantes. Além disso, a Sammy está até tirando a coroa de companhias concorrentes, como a Apple, em mercados gigantescos, como a Índia.

Vamos com calma: em primeiro lugar, os relatos indicam que o Samsung Galaxy S7 e o S7 edge estão vendendo mais que a dupla Galaxy S6 durante o período de pré-venda. Este número seria 20% maior no geral, batendo até 50% em mercados selecionados — é estimado que foram encomendadas mais de 10 milhões de unidades da dupla S7.

Toda essa porcentagem significa muito dinheiro entrando no bolso da Samsung. Se na virada do ano os executivos da companhia sul-coreana estavam preocupados com o mercado, agora é a hora de estourar a "champa".

De acordo com o relatório de recebimentos do primeiro trimestre de 2016, a Sammy teve um lucro de US$ 5,7 bilhões. Ao realizar a conversão, você pode ter uma noção mais ampla do valor: mais de R$ 20,5 bilhões. Estes valores absurdos têm apenas uma resposta: Galaxy S7.

Galaxy S7 está vendendo muito

Beijo, Apple

Além de todo esse lucro no mercado global com o novo smartphone top de linha, relatos indicam algo importante para a companhia: ela está tirando a coroa da Apple como maior fabricante da Índia. Vale lembrar que o país é um importante mercado no mundo, principalmente devido ao número de usuários de celular.

O iPhone SE não fez muito sucesso entre os consumidores indianos

É comum que smartphones medianos façam mais sucesso na Índia, contudo, os relatos indicam que o culpado pelo crescimento da Samsung é exatamente o Galaxy S7. Sobre números, parece que a fabricante vendeu 60 mil unidades do S7 e S7 edge no país, dobrando as encomendas da dupla S6 em 2015.

Segundo o Times of Indian, se tudo continuar correndo da maneira que está, a Samsung vai pegar a liderança da Apple nos meses entre abril e junho deste ano. O Times ainda comentou que o iPhone SE não fez muito sucesso entre os consumidores indianos.

Galaxy S7 edge vs iPhone SE

Qual a razão disso?

"Mas, TecMundo, o Galaxy S7 parece que é igualzinho ao Galaxy S6!". Se você pensou isso enquanto tentava entender o motivo do sucesso, errou rude, pequeno padawan. Enquanto a carcaça do Galaxy S7 é bem similar ao modelo anterior, mudanças internas foram cruciais para os números indicarem vendas estelares.

Vamos ser justos: a Samsung não precisa alterar o design do smartphone. Tanto a versão "comum" quanto edge são bem bonitos e construídos. Você pode acompanhar mais sobre esses pontos em nosso review. A questão era o que estava sob o capô.

Agora, o sétimo modelo que entra na galáxia da Sammy é vendido com um processador mais rápido, uma câmera bem melhorada, o retorno do leitor de cartão microSD e uma autonomia de bateria também melhorada — erros apresentados sobre a bateria também parecem ter sido solucionados.

Para mais informações sobre desempenho, acessórios e preços dos aparelhos, veja nas caixas aqui embaixo.

O que você achou do Galaxy S7 e do Galaxy S7 Edge? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: