Sim, o design dos Galaxy S8 e S8+ é lindo, com o chamado “display infinito” da Samsung sendo um dos principais responsáveis pelos aparelhos chamarem tanto a atenção mesmo quando estão desligados. No entanto, parece que um dos problemas que já assombravam as modalidades Edge da família lá na época do S6 voltou pior ainda na novidade: a fragilidade. Segundo a equipe do canal SquareTrade, famoso no YouTube pela precisão de seus testes de queda, os celulares são os menos duráveis já feito pela empresa coreana.

Como podemos ver no vídeo a seguir, os especialistas constataram que o S8 foi o primeiro aparelho já testado por eles que quebrou quando derrubado pela primeira vez a partir de todos os ângulos. Seja quando caiu de frente, traseira, laterais ou quando foi “batido” dentro de uma simulação de máquina de lavar, o smartphone acabou saindo com múltiplas rachaduras todas as vezes. No “teste de mergulho” de 30 minutos, o dispositivo apresentou defeitos apenas no áudio, como distorções e abafamento de som.

Na hora de pensar em reparos, o S8 também oferece uma série de dificuldades, incluindo a fragilidade dos vidros (selados por meio de um adesivo) e o acesso e remoção complicados da bateria. Na sua avaliação final, o SquareTrade determinou que o dispositivo tem uma pontuação de “quebrabilidade” de 76 pontos, enquanto seu irmão maior, o S8+, fica com 77– quanto mais pontos na escala de 0 a 100, pior. “[O aparelho tem] uma tela sem limites, exceto um: as calçadas”, brincam os especialistas.

Quer saber mais sobre o S8+? Confira nossa análise completa clicando aqui.

-----

E se o Tecmundo fizesse eventos presenciais para discutir os temas mais interessantes relacionados a tecnologia? Cadastre-se no Tecspot e saiba tudo em primeira mão!

Cupons de desconto TecMundo: