Como uma maneira de desafogar um pouco a atenção e a dedicação dos profissionais que trabalham na Google, a empresa resolveu fechar uma grande quantidade de seus serviços. E o principal foco dessa mudança foram aqueles recursos que têm tido uma diminuição significativa no público que os utiliza.

Uma das principais vítimas desse corte foi o Google Reader, que a partir do dia 1º de julho já não vai mais estar disponível para os seus fiéis seguidores. Já que não há o que ser feito para mudar esse fato, nos resta apenas pensar em novas ferramentas para continuar lendo os feeds de RSS sem problema. Confira uma seleção de algumas opções que podem ser exatamente o que você precisa.

1. The Old Reader

Há pouco mais de um ano, a interface do Google Reader foi completamente modificada, tornando-se mais limpa e perdendo algumas ferramentas que facilitavam o compartilhamento do conteúdo. Muitas das pessoas que utilizavam o serviço criticaram as alterações, alegando preferir a interface anterior.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Foi exatamente uma dessas “revoltas” que deram origem ao The Old Reader: um leitor de feed RSS que tenta trazer de volta a versão antiga do Google Reader, desde a interface até as funcionalidades apresentadas por ele. Para quem não quiser fazer uma mudança drástica de serviço quando o da Google for fechado, esta é com certeza uma boa opção.

2. Feedly

Esta é uma opção que oferece uma extensão para o Chrome e versões para os portáteis Android e iOS. O programa oferece uma interface organizada, que classifica os assuntos e as fontes em certas partes da interface, o que facilita a visualização desses textos.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Normalmente, o software utiliza o Google Reader como base para mostrar as informações no seu feed RSS. Entretanto, como o serviço vai ser fechado em julho, uma API já está sendo preparada para transferir todo o conteúdo presente na ferramenta da Google para a página do Feedly, sem que você precise ter trabalho algum e sem perder nada. Portanto, essa continua sendo uma alternativa viável.

3. NetVibes

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

NetVibes não é um serviço exclusivo para controle de feed RSS; ele também oferece janelas que mostram o que está acontecendo em diversas redes sociais em que você tiver cadastro – como é o caso do Facebook, Twitter e Flickr. Portanto, se você procura algo mais específico para notícias, novidades e matérias sobre determinado assunto, essa ferramenta pode deixar a visualização um pouco bagunçada.

4. NewsBlur

NewsBlur oferece versões para serem acessadas no próprio navegador e outras duas para Android e iOS. O serviço permite que você cadastre até 64 fontes de notícias de forma gratuita – passando disso, é necessário adquirir o pacote pago.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Como este aplicativo utiliza as configurações do Google Reader como base para funcionamento, ele se encontra em manutenção no momento. Porém, esta continua sendo uma alternativa válida porque é provável que tudo volte ao normal assim que as devidas alterações estiverem completas.

5. RSSOwl

Este programa permite que você acesse as notícias provenientes dos feeds RSS diretamente na Área de trabalho, sem ser preciso abrir o navegador para fazer isso. O software oferece uma interface multifuncional, que possibilita abrir várias abas uma ao lado da outra para que você possa visualizar várias fontes ao mesmo tempo. Além disso, também é possível agrupar matérias que tratem do mesmo tema.

(Fonte da imagem: Reprodução/RSSOwl)

O software permite criar palavras-chave para que você possa receber mais textos sobre os assuntos que lhe interessam e ainda oferece selos para classificá-los. Para fechar o pacote, RSSOwl disponibiliza uma versão em português (de Portugal) do programa, o que facilita a sua utilização.

6. FeedDemon

Outra opção para abrir os feeds na Área de trabalho é o FeedDemon, que permite adicionar uma quantidade infinita de fontes para que você receba notícias e matérias dos mais variados sites e blogs. O programa atua primeiramente com as assinaturas feitas pela sua conta no Google Reader, porém isso deve mudar já que o serviço vai deixar de existir.

(Fonte da imagem: Reprodução/FeedDemon)

O programa é instalado no seu computador e permite que você tenha acesso a todos os feeds sem ser preciso abrir o navegador. Uma das maiores facilidades é o fato de não ser necessário conhecer o endereço exato do RSS de um site, basta inserir a URL e o próprio FeedDemon faz a procura automaticamente.

7. Reeder

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Esta é uma alternativa válida apenas para quem utiliza computadores que rodem o sistema Mac e portáteis com iOS (iPhone ou iPad). Todos eles são serviços pagos e trazem as mesmas ferramentas básicas das demais opções, como organizador de fontes e possibilidade de adicionar vários sites diferentes para receber matérias.

8. Flipboard

(Fonte da imagem: Reprodução/Flipboard)

Flipboard é um leitor de RSS gratuito cuja interface foi desenvolvida especialmente para portáteis, sejam eles do sistema operacional Android ou iOS. A interface é apresentada de maneira a aproveitar todo o espaço da tela desses dispositivos, o que torna a navegação mais simples para quem costuma conferir as notícias no mobile.

9. Pulse

Pulse traz mais de 20 categorias de assuntos para você escolher, sendo que cada uma dessas seções apresentam suas próprias subdivisões, o que aumenta ainda mais a possibilidade de especificar o tema que você gostaria visualizar. É preciso escolher pelo menos três tópicos para que as matérias comecem a ser disponibilizadas na tela do serviço.

(Fonte da imagem: Reprodução/Pulse)

O software apresenta todos os textos com as imagens em destaque disponibilizados em pequenos quadros que se espalham na tela. Você pode escolher visualizar apenas um tema dentro de todos os selecionados previamente. Pulse funciona como um serviço web, mas também possui uma versão para Android e iOS.

Cupons de desconto TecMundo: