Metaverso: criador do Second Life volta à empresa como conselheiro

1 min de leitura
Imagem de: Metaverso: criador do Second Life volta à empresa como conselheiro
Imagem: Divulgação: Linden Lab
Avatar do autor

Philip Rosedale, fundador do jogo Second Life, voltará à desenvolvedora do game, Linden Lab, como consultor estratégico. A mudança ocorre após a nova empresa de Rosedale, High Fidelity, ter investido na desenvolvedora e feito um acordo envolvendo dinheiro, patentes e membros da equipe.

Em um comunicado à imprensa, Rosedale aproveitou para alfinetar Mark Zuckerberg e a ideia do Metaverso apresentado pela Meta/Facebook, que de acordo com ele, não é tão original assim. “Ninguém chegou perto de construir um mundo virtual como o Second Life”, disse.

"A Big Tech distribuindo fones de ouvido VR e construindo um metaverso em suas plataformas de modificação de comportamento orientadas por anúncios não vai criar uma utopia digital mágica e única para todos", declarou o executivo.

Planos futuros

Convite para sessão de perguntas e respostas com Philip Rosedale]Convite para sessão de perguntas e respostas com Philip Rosedale]Fonte:  Reprodução: Linden Lab 

Em um post no blog do Second Life comunicando a volta de Philip, a Linden Lab ainda comentou que o empresário é "um reconhecido pioneiro do metaverso que liderou os primeiros dias do Second Life".

De acordo com a Linden Lab, a volta de Rosedale e o investimento e parceria da High Fidelity ajudarão a desenvolvedora a ampliar suas operações no Second Life e fortalecer seu compromisso com "o crescimento de um metaverso inovador, inclusivo e diversificado, onde a engenhosidade de seus habitantes gera valor no mundo real para si e para os outros".

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.