Nigéria encerra suspensão de seis meses ao Twitter no país

1 min de leitura
Imagem de: Nigéria encerra suspensão de seis meses ao Twitter no país
Imagem: Presidency of Nigeria
Avatar do autor

A rede social Twitter voltou a funcionar nesta quinta-feira (13) na Nigéria, após um banimento que durou pouco mais de seis meses. Em junho de 2021, o governo simplesmente cortou o acesso à plataforma no país pela população e acusou a rede social de ser usada para "atividades que são capazes de minar a existência corporativa da Nigéria".

O principal motivo da briga, entretanto, foi a remoção de uma postagem do presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, que ameaçou publicamente manifestantes da região sudeste do país. A publicação foi considerada ofensiva.

Desde a proibição, tanto a conta de Buhari quanto da presidência da Nigéria permaneceram inativas — e só o perfil institucional voltou a postar depois de seis meses, ainda sem comentar o assunto na plataforma. Já o porta-voz oficial do governo, Garba Shehu, afirmou que foi estabelecida "a base para um futuro mutuamente benéfico com possibilidades infinitas".

Segundo o governo, o fim da suspensão "abre um novo capítulo na diplomacia global digital".  Não há detalhes sobre que termos foram debatidos, mas o Twitter aparentemente aceitou condições impostas pela Nigéria a respeito de gerenciamento de publicações e se elas estão ou não alinhadas com a legislação local.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.