Niantic, criadora de Pokémon Go, anuncia soluções para metaverso

1 min de leitura
Imagem de: Niantic, criadora de Pokémon Go, anuncia soluções para metaverso
Imagem: Reprodução/ Niantic, YouTube
Avatar do autor

Nesta segunda-feira (8), a Niantic, conhecida por ter criado Pokémon Go, anunciou o lançamento de Lightship, um kit de desenvolvimento que pretende facilitar a criação de apps com realidade aumentada (RA). A iniciativa traz aos programas de iOS e Android uma integração com motor gráfico Unity,  oferecendo ferramentas utilizadas pela empresa em jogos como o Ingress e o Pikmin Bloom.

A plataforma possibilita mapear superfícies em tempo real, usar segmentação semântica, que garante interações apropriadas com o ambiente, e incorporar elementos para múltiplos jogadores, buscando criar um padrão para o potencial da RA. A maioria dos recursos será gratuita, mas a instituição cobrará por uma opção que permite a experiência em vários dispositivos simultaneamente.

Durante o evento de lançamento, o CEO John Hanke citou um texto que escreveu para o blog da companhia, onde criticou o conceito de metaverso com realidade virtual, que retira o indivíduo do mundo. "Acreditamos que podemos usar a tecnologia para incentivar a 'realidade'  da realidade aumentada, encorajando todos a levantar, andar ao ar livre e conectar com pessoas de todo o mundo", informou.  A Niantic também anunciou um fundo de US$ 20 milhões para investir em novas empresas de apps de RA.

Hanke acredita que o suporte multiplataforma para iOS e Android será um diferencial do projeto em relação às ferramentas de software da Meta e da Apple. Parcerias já foram estabelecidas com empresas como a Sueishia, a Coachella e a Universal Pictures, entre outras.

Mais novidades chegando

Já existe uma atualização planejada para o Lightship em 2022 que aprimorará o sistema de posicionamento visual de óculos de realidade aumentada. Com a iniciativa, os dispositivos entenderão exatamente onde estão no mundo real, possibilitando a presença realista ancorada de objetos virtuais, como os Pokémons. A configuração será importante para o novo vestível que a Niantic está construindo em parceria com a Qualcomm.