Facebook permite que criadores driblem taxas da Apple; veja como

1 min de leitura
Imagem de: Facebook permite que criadores driblem taxas da Apple; veja como
Imagem: Royalty Free Photo/Rawpixel
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Meta parece ter chegado com disposição para jogar pesado na interminável guerra com a Apple. Na quarta-feira (3), o CEO Mark Zuckerberg anunciou em sua conta do Facebook a criação de novos planos na ferramenta “Assinaturas” que permitirão na prática que criadores de conteúdo consigam contornar as tarifas cobradas hoje pela Maçã. O executivo prometeu novos links personalizados a esses profissionais para receberem pagamentos diretamente de seus clientes.

Na postagem, Zuckerberg garantiu que, "à medida que construímos o metaverso, estamos focados em desbloquear oportunidades para os criadores ganharem dinheiro com seu trabalho”. Como as tarifas de 30% praticadas pela Apple tornam isso praticamente impossível, diz o criador do Facebook, o produto de assinaturas da empresa está sendo atualizado "para que agora os criadores possam ganhar mais”.

Na prática, isso significa que todos os criadores que administram páginas dentro do Facebook qualificadas para assinaturas podem receber pagamentos diretamente dos seus fãs, compartilhando com eles – via SMS ou email – os novos links promocionais. As hiperligações levarão os usuários para um portal de pagamentos gerido pelo Facebook Pay. A rede social promete não cobrar nenhum tipo de tarifa até 2023.

Uma revolução no programa de assinaturas de fãs

Fonte: Facebook/DivulgaçãoFonte: Facebook/DivulgaçãoFonte:  Facebook 


Além de mais domínio sobre o seu público, os criadores receberão do Facebook um bônus entre US$ 5 e US$ 20 (R$ 28 e R$ 111) por cada novo assinante que trouxerem. O Facebook ainda disponibilizará uma calculadora de ganhos para que cada criador de conteúdo saiba exatamente quanto ganhou e quanto pagou de tarifas.

O programa de assinaturas de fãs do Facebook fornece às pessoas com páginas populares na rede social acesso a ferramentas de monetização para o recebimento de pagamentos mensais ou recorrentes. Atualmente, para se qualificar no programa, os donos de páginas devem ter pelo menos 10 mil seguidores ou mais de 250 visualizadores de retorno, além de 50 mil engajamentos e 180 minutos assistidos nos últimos 60 dias.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.