Domínio do Facebook aparece à venda, e CEO do Twitter quer comprar

1 min de leitura
Imagem de: Domínio do Facebook aparece à venda, e CEO do Twitter quer comprar
Imagem: Shutterstock/Reprodução
Avatar do autor

Como já noticiamos mais cedo, os sites do grupo Facebook estão fora do ar desde o início da tarde desta segunda-feira (04). Usuários do Instagram, WhatsApp e Facebook não conseguem realizar login ou atualizar o feed das redes sociais desde, aproximadamente, 12h.

Após a queda do gigante, outras plataformas começaram a cair também, incluindo o rival Telegram. Para piorar a situação da empresa liderada por Mark Zuckerberg, ao longo da tarde surgiram boatos de que o domínio do Facebook estava à venda: o site apareceu como disponível na plataforma DomainTools e até foi listado em uma plataforma da GoDaddy, segundo mostram prints de usuários que capturaram o momento.

ReproduçãoDomínio do Facebook à venda (Reprodução/MacObsorver)

Quem aproveitou para se "deliciar" com a situação foi o CEO do Twitter, Jack Dorsey. Com a queda das redes rivais e, possivelmente, da venda do domínio, Dorsey debochou e afirmou desejar um pedaço da ação. "Quanto custa?", escreveu.

O domínio do Facebook está mesmo à venda?

Apesar de os boatos apontarem que o domínio apareceu à venda devido à queda desta segunda, que estaria ligada a problemas de DNS, a GoDaddy — proprietária da Uniregistry Market, que listava o domínio à venda — afirmou não haver relação entre os dois acontecimentos. Segundo a plataforma, a listagem foi apenas um erro e o Facebook segue como dono de seu próprio site.

"Como o 'terceiro' [que colocou à venda] não possuía nem controlava o domínio, nunca houve o risco de o domínio ser vendido, ele permanece com o proprietário atual. A listagem foi removida e não está relacionada a nenhum problema de plataforma que o Facebook possa estar enfrentando", disse a plataforma, em um comunicado obtido pelo site Mac Observer.

Até o momento, o Facebook não comentou oficialmente sobre o assunto. Atualmente, a empresa segue trabalhando para restabelecer o acesso do público aos seus aplicativos.