Twitter testa 'visual do Instagram' para fotos e vídeos

1 min de leitura
Imagem de: Twitter testa 'visual do Instagram' para fotos e vídeos
Imagem: The Verge/Reprodução
Avatar do autor

Depois de ganhar uma nova aparência e estrear a fonte Chirp no mês passado, o Twitter está testando mais uma mudança no design. Conforme anunciou nessa terça-feira (7), a rede social alterou a forma de visualização de imagens na linha do tempo, mudança que chega primeiro ao app para iOS.

Com o novo layout, as fotos, os vídeos e os GIFs passam a ser exibidos em tela inteira na timeline dos usuários (veja no tweet abaixo), de forma semelhante ao que acontece no Instagram e em outras plataformas. Segundo o microblog, o objetivo é facilitar a visualização destes conteúdos, que apareciam cortados, anteriormente.

Além disso, a novidade pode ajudar o Twitter a eliminar as preocupações com o seu polêmico algoritmo de corte de imagens, acusado de racismo. Em algumas oportunidades, a ferramenta apresentava uma tendência a favorecer a exibição de rostos brancos, problema que foi confirmado pela própria empresa.

Essa mudança na visualização de fotos e vídeos também oferecerá um "suporte melhor às conversas visuais e baseadas em textos", como explicou a rede social ao The Verge. No entanto, alguns dos usuários que já tiveram acesso à nova timeline parecem não ter gostado da alteração.

Quando chega para todos?

Por enquanto, a exibição de imagens estendidas até a largura total, eliminando as bordas dos tweets, está disponível apenas para um pequeno grupo de usuários do app do Twitter para iOS. Ainda não se sabe se a novidade será liberada no Android e na versão web da plataforma.

Como se trata de uma fase de testes, a empresa ainda deve realizar alguns ajustes antes de lançar a nova timeline para todos, caso isso realmente aconteça. Na rede social, usuários que testaram a novidade relataram que o layout é confuso e causou dor de cabeça.

Outro recurso em teste no microblog é a possibilidade de remover seguidores do seu perfil, uma alternativa aos bloqueios e silenciamento de contas.